Employee value proposition: o que é e como construir o seu

Por Redação Onze

Desenvolvimento-de-talentos

O employee value proposition é essencial para reter os melhores talentos, construir equipes de alta performance e fortalecer a empresa no mercado. Mas encontrar a proposta de valor que o negócio oferece aos colaboradores é um grande desafio.

Afinal, você precisa ter uma definição clara do diferencial da empresa enquanto local de trabalho. A boa notícia é que algumas estratégias ajudam a elaborar o EVP, desde analisar a opinião dos funcionários até oferecer benefícios além da remuneração.

Quer entender melhor como funciona na prática? Descubra, a partir da leitura, de que forma o employee value proposition pode ser útil para os negócios e como implementar o seu.

O que é employee value proposition?

Employee value proposition (EVP), na tradução para o português, significa proposta de valor ao colaborador. Trata-se do diferencial da empresa que a torna um local excelente para um profissional trabalhar. 

Essa proposta é formada por vários fatores, desde a remuneração e os benefícios até a cultura organizacional. De forma resumida, o EVP da empresa é a resposta para a seguinte pergunta: por que o profissional deve trabalhar nela?

Em artigo para a revista Forbes, Peter Murdock, vice-presidente de recrutamento da Blackmon Mooring, destaca que a construção do employee value proposition inclui a construção geral da marca como empregadora. 

“As pessoas querem trabalhar para empresas das quais podem se orgulhar. O que diferencia sua empresa das outras na sua indústria?”, questiona o autor. Encontrar essa resposta, portanto, é o primeiro passo para elaborar o EVP da empresa.

Importância do employee value proposition

Investir no employee value proposition é essencial para fortalecer a equipe e os resultados da empresa. A seguir, descubra três motivos para apostar nessa estratégia:

1. Contribui para o employer branding

O employer branding, também conhecido como marca do empregador, é um conjunto de estratégias utilizado para que a empresa seja reconhecida como um ótimo local de trabalho entre profissionais do mercado. Assim, fica evidente a importância do EVP: ele é o motivo central para que os profissionais queiram trabalhar na empresa.

2. Melhora a retenção de talentos 

Se os funcionários enxergam a proposta de valor da empresa e se sentem bem no local de trabalho, o resultado é a retenção deles no negócio. Dessa forma, fica mais fácil para a empresa manter os melhores talentos do mercado nas equipes, criando times de alta performance que elevam os resultados.

Essa vantagem é ainda mais importante para empresas que lidam com profissionais com alto nível de especialização e qualificação  — como é o caso daquelas na área de tecnologia, por exemplo.

3. Reduz custos relacionados a turnover

Outra vantagem do EVP é a redução dos custos relacionados ao turnover, ou taxa de rotatividade. É consequência direta da retenção de talentos, porque a empresa passa a gastar menos com contratações, demissões, processos seletivos e treinamento de novos colaboradores.

Como construir seu employee value proposition?

Depois de compreender a importância do employee value proposition, é hora de colocá-lo em prática. Nos tópicos abaixo, descubra seis passos que ajudam nesse desenvolvimento:

1. Identifique o diferencial da sua empresa

O ponto de partida é descobrir o diferencial que a sua empresa entrega para os colaboradores. Lembre-se de que não existem regras: cada negócio deve encontrar o seu valor único que o destaca dos demais. Ter essa resposta em mente serve como um guia para a elaboração do EVP.

2. Pesquise a opinião de profissionais

Fazer entrevistas com colaboradores e ex-funcionários da empresa é uma estratégia útil para compreender a opinião que os profissionais têm da empresa. Entre aqueles que fazem parte das equipes, você pode descobrir os motivos que os levam a permanecer na organização.

Já entre os ex-funcionários, sobretudo aqueles que pediram demissão, é uma oportunidade para entender quais fatores foram relevantes para essa decisão e as razões que os levaram para a concorrência. 

3. Ofereça benefícios

Valorização do profissional também é um item básico do employee value proposition. Aqui a dica é ir além do salário, que deve ser justo conforme a realidade do mercado e o cargo, e oferecer benefícios extras

Nesse sentido, plano de saúde, plano odontológico, flexibilidade de horários e previdência privada são alguns itens que podem deixar a empresa mais atraente para os profissionais.

4. Ofereça plano de carreira

Outro item indispensável é o plano de carreira: um planejamento que traça o caminho de crescimento do colaborador dentro da empresa. Mas não adianta oferecer o plano e não colocá-lo em prática. É essencial oferecer treinamento, qualificação e oportunidades para os profissionais.

5. Fortaleça a cultura da empresa

O fortalecimento da cultura da empresa permite que haja um alinhamento cada vez maior entre o perfil dos colaboradores e o perfil do negócio. E assim você também se torna mais apto a construir equipes cada vez mais motivadas a permanecerem na empresa.

6. Divulgue o EVP

Por fim, não basta criar o employee value proposition se ele não chega até os profissionais da empresa e do mercado. Então, invista na divulgação nos canais de comunicação da empresa, como site e redes sociais, e até mesmo nos processos de seleção.

Com essas dicas em prática, você já pode elaborar o EVP da empresa. E aí, as dicas foram úteis para você? Compartilhe este artigo.