Como poupar dinheiro: guia para economizar e investir

Por admin

Como poupar dinheiro

Não sabe como poupar dinheiro, mas quer adotar esse hábito?

Então, você já está no caminho certo, que é reconhecer essa necessidade.

Sabemos que, principalmente para quem ainda não reserva uma parte do salário todo mês, economizar é um verdadeiro desafio.

Mas se trata de uma atitude fundamental para ter segurança em casos de emergência e para melhorar sua saúde financeira.

Para ajudar, criamos este guia com dicas de como poupar dinheiro e como começar a investir suas economias.

Por que poupar dinheiro

Poupar dinheiro não é uma tarefa fácil, sobretudo para quem está dando seus primeiros passos nessa jornada.

Mas esse esforço é importante para quem busca segurança, conforto e tranquilidade no futuro.

Economizar mensalmente é uma forma de proteção financeira em casos de emergências, como despesas médicas, por exemplo, ou gastos maiores, como o pagamento de uma faculdade.

E com uma reserva financeira, é possível aplicar o dinheiro em diferentes tipos de investimentos  — e consequentemente aumentar o valor que você tem na conta.

Como poupar dinheiro

Não sabe como poupar dinheiro, fazer o planejamento financeiro e controlar seus gastos?

Confira nossas dicas para ser bem-sucedido nessa missão:

1. Saiba quanto dinheiro você tem

O primeiro passo é descobrir, de fato, quanto dinheiro você possui e qual é a sua remuneração mensal.

É o que afirma Greg Gig, no livro Como economizar dinheiro: dicas e truques para poupar dinheiro (Babelcube Inc., 2016).

A dica do autor é verificar o último comprovante de pagamento para identificar se é mais ou menos o que você havia estimado.

“A diferença pode ter um efeito significativo em suas finanças”, alerta.

O motivo é que muitas pessoas superestimam ou subestimam o quanto ganham mensalmente e, assim, se atrapalham na organização das contas do dia a dia e no planejamento financeiro de longo prazo.

Por isso, antes de tomar qualquer medida ou buscar investimentos, a regra é fazer um diagnóstico das suas finanças e da sua capacidade de remuneração atual.

2. Registre todas as entradas e saídas

Depois do diagnóstico, é hora do controle.

Não dá para poupar dinheiro sem uma boa noção dos seus gastos.

Por isso, em uma planilha ou aplicativo de controle, registre tudo, desde o pagamento das contas de casa à compra de uma roupa ou um almoço em um restaurante, por exemplo.

Quanto mais detalhados forem os registros, melhor para compreender o panorama das suas despesas e, posteriormente, cortar os excessos.

3. Classifique as suas despesas

Ao criar uma planilha de controle financeiro, aproveite para classificar suas despesas.

Gastos fixos versus gastos variáveis é a classificação básica, mas você pode ir além.

É possível criar categorias como lazer, alimentação, estudos, transporte e contas de casa, como água, luz e telefone.

Dessa forma, fica mais fácil identificar para onde o seu dinheiro está indo  — e se é possível reduzir algumas contas.

4. Corte gastos desnecessários

A partir da avaliação feita no passo anterior, é hora de economizar.

Quais são os gastos dos quais você pode abrir mão?

Crie estratégias para reduzir as contas, como, por exemplo, levar marmitas para o escritório ao invés de almoçar todos os dias em um restaurante.

Você verá a diferença que essas atitudes simples fazem no fim do mês.

5. Faça bom uso do cartão de crédito

Quando mal utilizado, o cartão de crédito pode ser prejudicial para as suas finanças.

Para usá-lo adequadamente, é preciso pagar suas faturas sempre em dia — e, para isso, não dá para extrapolar ou perder o controle dos gastos.

Nesse sentido, um monitoramento das compras parceladas é bastante saudável.

6. Reserve um valor fixo mensal

Se você colocar as dicas acima em prática, já estará pronto para poupar dinheiro.

O próximo passo é reservar um valor fixo mensal que ficará à parte no orçamento.

Reserve esse dinheiro e não crie despesas contando com ele.

Aqui a ideia é criar uma meta de poupança mensal para guardar dinheiro a longo prazo.

Assim, todo mês, antes de começar a gastar, você já separa e investe esse valor.

Como investir depois de poupar dinheiro

Agora que você já sabe como poupar dinheiro, não dá para deixá-lo parado na poupança.

Você precisa fazer com que ele tenha rentabilidade e aumente com o tempo.

Por isso, vale buscar conhecimento sobre diferentes investimentos de renda fixa e variável.

Para sua reserva de emergência (aproximadamente seis meses do seu custo de vida), é importante usar uma aplicação com alta liquidez (capacidade de conversão em dinheiro), como um CDB (Certificado de Depósito Bancário) com liquidez diária, títulos Tesouro Selic e fundos que investem em títulos do Tesouro, de preferência aqueles com taxa zero de administração.

Depois desse colchão de segurança, você pode mirar prazos mais longos de investimento e, consequentemente, taxas mais altas de retorno.

Mas, para navegar com precisão nesse oceano de oportunidades, é essencial contar com uma ajudinha.

Ficou interessado? Aprendeu como poupar dinheiro mês a mês?  Então acesse o site da Onze e comece a investir agora mesmo.