ETF BOVA11: entenda como investir com uma transação em diversos ativos

Por Redação Onze

etf bova11

O que é o ETF BOVA11?

Aqui, você não está comprando ações uma a uma. O ETF é um fundo tal qual as FIIs, só que atrelado ao Ibovespa. Ou seja, o ETF BOVA11 nada mais é que um fundo de investimento focado em ações que fazem parte do índice Ibovespa.

Também conhecido pelo nome iShares Ibovespa Fundo de Índice, o ETF BOVA11 é administrado pela americana BlackRock. Ela é a carteira mais próxima à indicada pelo índice Ibovespa.

Isso significa que a performance dessa ETF está diretamente ligada ao que acontece no próprio índice Ibovespa. Se ele valorizar, é provável que você tenha muitos ganhos. Mas isso também significa que ele pode cair em uma eventual desvalorização.

Quais cuidados devo tomar ao investir nessa ETF?

A primeira coisa a prestar atenção é na corretora na qual você pretende abrir a sua conta. É importante saber se ela está na lista de corretoras autorizadas da Bolsa de Valores.

Qualquer empresa que te ofereça a oportunidade de investir no ETF BOVA11 e não esteja listada, está agindo de maneira ilegal e está tentando te aplicar um golpe. Caso esteja negociando seu cadastro em uma e não consiga encontrá-la, cesse todas as comunicações e denuncie a empresa fraudulenta de imediato!

Também é importante estar familiarizado com o índice de referência. Ou seja, o próprio Ibovespa. Saiba qual é a sua lista de ações e se a tendência atual é de valorização ou queda.

Por fim, também é muito importante que você saiba quais são os custos de se investir nessa ETF. Mas não precisa abrir uma nova aba no Google para pesquisar, vamos te mostrar isso agora mesmo!

Quais são os custos de investir no ETF BOVA11?

Existem dois custos associados a esse tipo de investimento. Começando pela taxa anual de administração, que costuma ser cobrada anualmente. O comum é que ela varie entre 0,2% a 0,8% anualmente.

Outras taxas que são cobradas são as de corretagem e os emolumentos. A primeira é feita pela sua própria corretora, mas vale mencionar que algumas empresas já não cobram essa taxa de seus clientes.

Já a segunda é obrigatória, também feita pela Bolsa de Valores. Os emolumentos são comprados a cada operação na BM&F e são de 0,0325%.

Nas ETFs, a cobrança da alíquota é feita na venda da carteira. A alíquota cobrada na venda é de 15% sobre os lucros que obteve, não pelo montante total.

Como o fundo é composto?

O ETF BOVA11 segue o índice Ibovespa, como já mencionamos anteriormente. Por isso, ele é composto por cerca de 60 e 70 empresas. As informações sobre as empresas presentes na carteira e o respectivo percentual do fundo investido em cada um foi divulgado em 2019.

Confira abaixo a tabela com as 10 empresas de maior peso no ETF BOVA11.

Crédito da tabela

Principais características do ETF BOVA11

Você já entendeu como as ETFs podem ser interessantes para iniciantes na Bolsa de Valores e como o BOVA11 te coloca como investidor nas maiores empresas brasileiras. Essa é apenas uma das características da ETF.

Continue aprendendo mais sobre essa possibilidade de investimento, conhecendo suas principais características!

Diversificação

Essa é outra característica que você já deve ter percebido ao longo do artigo. Afinal, você está investindo nas maiores empresas do país. Além disso, elas pertencem a mercados totalmente diferentes.

Isso faz com que ela seja menos suscetível à volatilidade dos mercados. Mesmo que uma indústria entre em crise, ainda existem investimentos em outras capazes de manter a rentabilidade dos ativos na carteira.

Vale mencionar que isso também significa um custo menor. Afinal de contas, você pagará menos taxa de corretagem e menos emolumentos, já que está apenas a investir em um fundo, não em diversos ativos.

Reinvestimento automático dos dividendos

Com o ETF BOVA11, você acaba possuindo também uma carteira de dividendos. Esses dividendos são usados para reinvestir em mais títulos, de maneira a aumentar sua rentabilidade enquanto fizer parte dele.

Aluguel automático de ações

O aluguel de ações é uma das opções que pode te gerar renda extra na Bolsa de Valores. A gestão do ETF BOVA11 percebe isso. Também com o objetivo de aumentar os rendimentos dos participantes do fundo, a maior parte dos ativos é alugada para terceiros.

Gestão profissional

A BlackRock é uma das empresas mais antigas e reconhecidas no mercado financeiro americano. Ou seja, mesmo que ceda o controle sobre a composição da sua carteira de ações, a companhia tem expertise em como aumentar rendimentos nesse mercado.

Vale a pena investir no ETF BOVA11?

Assim como a maioria dos investimentos, a resposta quase sempre é depende. Como falamos no começo do artigo, as ETFs são boas alternativas para quem ainda está se familiarizando com as ferramentas de home broker e no investimento em ações.

Ao mesmo tempo, você não tem controle sobre como as ações são gerenciadas ali, perdendo um pouco da oportunidade de ganhar experiência no mercado. Se você é um investidor de perfil moderado, você pode investir no ETF BOVA11 como uma forma mais segura de preencher sua carteira com investimentos na renda variável.

Quer aprender mais sobre o mercado financeiro, suas ETFs e as diversas opções de investimento disponíveis para você que está disposto a começar sua jornada na Bolsa de Valores?

Então não espere mais um minuto sequer! Nos envie já uma mensagem para te ajudarmos a trilhar esse caminho com sucesso!