Índice de Sharpe: o que é e como funciona

Por admin

Índice de Sharpe

Esse indicador, que avalia a relação entre o retorno e o risco de um determinado investimento é bastante importante para tomar decisões. Ele foi criado por William Forsyth Sharpe, Nobel de economia de 1990, que desenvolveu uma equação para considerar o risco que um investidor assume ao optar por um investimento, em vez de apenas observar a rentabilidade.

O índice de Sharpe considera quanto de retorno um determinado fundo de investimentos entregou acima de um ativo livre de risco em um determinado período, em razão da volatilidade. Complicado? Explicamos: um ativo livre de risco é um investimento que não traz riscos, mas seu retorno é baixo, como por exemplo o CDI. O índice de Sharpe calcula então o quanto a mais de rendimentos um investimento com risco trará, baseado no CDI (ou outro ativo livre de risco), considerando sua volatilidade em determinado período (ou seja, seus altos e baixos).

Calculando o Índice de Sharpe

O cálculo do índice de Sharpe é realizado da seguinte maneira:

Retorno do ativo – retorno do ativo livre de risco / risco do ativo

Calculando o Índice de Sharpe

Onde:

  • O retorno do ativo é o retorno acumulado do investimento a ser analisado em um determinado período
  • O retorno do ativo livre de risco é o retorno do ativo com o menor risco do mercado nesse mesmo período (geralmente se usa o CDI como base)
  • O risco do ativo é a volatilidade desse ativo no mesmo período, ou seja, o desvio padrão.

Quanto maior o número do resultado, melhor será esse investimento, ou seja, trará possivelmente mais retorno mesmo incluindo o risco (volatilidade) na análise.

Um exemplo prático:

Vamos supor que, durante um ano, o retorno de um determinado fundo de investimentos tenha sido de 20%. Já o CDI deste mesmo ano foi de 15%. A volatilidade deste fundo foi de 12%. Montamos a fórmula da seguinte forma:

Sharpe = 20% – 15% / 12%

Ou 0,2 – 0,15 / 0,12 = 0,41

Isso quer dizer que, para cada ponto de risco assumido pelo investidor com o fundo, ele obteve uma rentabilidade de 0,41 ponto a mais que o CDI. Ou seja, se alguém diz que uma carteira de investimentos tem o índice de sharpe de 0,5, isso quer dizer que há uma probabilidade grande de você obter 0,5 ponto de rentabilidade a mais que o CDI, ou outro investimento livre de risco.

Considerações

Vale lembrar que, como citamos acima, essa é uma probabilidade, já que o índice de Sharpe calcula o rendimento versus o risco de um investimento no passado. Muitos outros fatores podem fazer com que esse investimento renda menos ou até cause prejuízos, como a falência de uma das empresas que constituem o fundo, por exemplo.

Existem, portanto, outras variáveis que não são calculadas pelo índice de Sharpe, mas esse cálculo é muito mais realista do que observar apenas os rendimentos de um fundo durante determinado período. Em resumo, o investidor assume um risco, porém com cautela.

Se quiser saber mais sobre investimentos, acesse a página da Onze Investimentos e confira nossos artigos.