Cotação de ações: por que e como acompanhar

Por Redação Onze

O que é a cotação das ações

Falando em termos simplificados, a cotação das ações nada mais é o do que o preço destas ações negociadas na bolsa de valores.

Na prática, cada ação representa uma pequena parte de uma empresa listada na bolsa. Essas pequenas partes são representadas por códigos, que variam de acordo com a empresa em questão.

A Petrobras, por exemplo, é negociada pelos códigos PETR3 e PETR4, enquanto o Itaú é negociado nos códigos ITUB3 e ITUB4, e a Lojas Renner é negociada pelo código LREN3.

A cotação é o preço dado por uma unidade das ações dessa empresa. Como a Bolsa de Valores opera todos os dias úteis, entre 10h e 17h, os preços das ações variam todos os dias, a cada segundo, quando há liquidez suficiente. 

O fluxo segue as regras mais básicas da economia: oferta e demanda. Quando há maior fluxo comprador do que vendedor de uma ação a um determinado preço, a cotação sobe. Quando há maior fluxo vendedor, ela cai. 

É isso que faz da bolsa de valores um investimento em renda variável: a oscilação frequente dos preços.

Ao investir em ações, é impossível saber qual será o comportamento do mercado. Ele é completamente imprevisível no curto prazo.

Por isso, surge o interesse de muitos investidores de descobrir como as cotações das empresas que compõem a sua carteira de investimento estão se comportando. 

Cuidados ao analisar a cotação das ações

Antes de explicar como acompanhar a cotação das suas ações, é importante listar alguns cuidados que você deve ter ao olhar para os números na tela.

Quedas são normais no mercado de ações

Em primeiro lugar, você precisa entender que quedas são naturais no mercado de ações. Não pense que, ao escolher uma empresa, ela vai crescer para sempre. Existe um jargão que diz que o mercado de ações “sobe caindo”. Por isso, não se apavore com oscilações de curto prazo.

Foque no longo prazo ao investir em ações

O investimento no mercado de ações é recomendável para quem tem foco no longo prazo nos investimentos e não vai precisar do dinheiro que aplicou em um prazo curto, como um ano. Por isso, se o seu dinheiro vai ser aplicado para o curto prazo, a Bolsa de Valores não é o melhor local.

Movimentos precipitados podem levar a prejuízos

Se você reagir de forma impensada contra movimentos de curto prazo, pode acabar acumulando prejuízos difíceis de recuperar. O ato de “realizar os prejuízos”, quando você vende as ações depois das quedas, é um comportamento de manada que pode te deixar fora do jogo por anos.

Você não precisa acompanhar cotação todos os dias

Se você está construindo uma carteira previdenciária, com foco na aposentadoria, não faz sentido acompanhar as cotações todos os dias. Afinal, você não pretende se livrar dos ativos, certo? Por isso, esse hábito pode acabar gerando mais ansiedade do que benefícios. 

Tenha certeza do que você está fazendo antes de investir

Boa parte das pessoas que perdem dinheiro com ações o fazem porque não sabem exatamente a quais riscos estão se expondo ao investir em ações. Por isso, fazer o dever de casa, ler, estudar e aprender como funciona a renda variável é essencial para entrar nesse mercado. Entenda seu apetite ao risco e molde seus investimentos de acordo com ele.

Como acompanhar a cotação de ações

Agora que você já sabe quais cuidados tomar ao acompanhar suas ações, listamos um passo a passo para você verificar a cotação das suas ações. 

Site da B3

Uma das melhores maneiras de acompanhar a cotação das ações de forma oficial é pelo site da B3, a Bolsa de Valores brasileira. Todas as ações listadas estão precificadas lá, com a variação de cada dia.

Home broker

O home broker da sua corretora é outro canal por meio do qual você pode acessar as cotações das suas ações em tempo real, para descobrir se elas estão subindo ou caindo no dia. Em geral, é possível criar listas para acompanhar apenas os ativos que lhe interessam.

Aplicativos e sites de investimentos

Há diversos aplicativos e sites do mercado financeiro pensados para quem deseja acompanhar a cotação das ações, como Trademap e Investing. Sites dedicados a notícias sobre o mercado, como Infomoney e Valor Investe também mostram a variação dos ativos no dia.  

Google

Ao digitar o código do ativo no buscador do Google, a plataforma mostra a oscilação do ativo no dia. Além disso, é possível acompanhar séries históricas superiores, até o limite do banco de dados.

E aí, gostou das dicas? Se você está montando um portfólio de investimentos e quer diversificar sua carteira, conheça os planos de previdência da Onze e entenda os descubra os benefícios que eles podem trazer para sua empresa.