Payback Descontado: conheça as vantagens e desvantagens dessa operação

Por Redação IQ 360

payback descontado

Atuar em um mercado cada vez mais competitivo e complexo exige que um gestor tenha uma série de ferramentas e indicadores capazes de fornecer informações valiosas sobre as operações do seu negócio. Um deles, portanto, é o Payback descontado.

Basicamente, estamos tratando de uma ferramenta que, em união ao seu fluxo de caixa, será capaz de fornecer informações precisas sobre a capacidade de lucratividade do seu negócio. Devido à grande importância que tem esse assunto resolvemos escrever este artigo.

Nele, mostremos um conceito simples do Payback descontado, como é feito o cálculo, suas principais vantagens e desvantagens e outras informações pertinentes. Acompanhe!

O que é payback descontado?

O primeiro passo para chegarmos ao objetivo deste artigo é definir para você o que é, de fato, o Payback. Basicamente, trata-se de um termo em inglês que significa retorno. Assim, ele pode ser definido como o tempo que o seu dinheiro investido demora para se pagar.

Esse conceito é muito utilizado pelas empresas que desejam saber quando um determinado valor investido demorará para retornar ao caixa da mesma. Logo, tudo o que vier a partir desse ponto pode ser considerado como lucro.

Com as pessoas físicas que investem o seu capital, portanto, não poderia ser diferente. Em outro tópico deste artigo explicaremos melhor como essa relação funciona.

Como calcular o payback descontado?

Agora, passaremos para a parte mais importante deste artigo que é, de fato, como efetuar o cálculo do Payback descontado. Entretanto, para fazer isso precisamos entender como funciona o cálculo do formato simples.

Para tanto, é necessário estabelecer o valor do fluxo projetado, investimento inicial, bem como, os fluxos operacionais. Em seguida, é aplicada a taxa de desconto para ser aplicada em cada um dos fluxos.

Suponhamos, portanto que você vai fazer uma aplicação de R$ 20.000,00 e que renderá R$ 2.000,00 a cada mês durante um período de 4 anos.

Para que o Payback descontado seja calculado é necessário identificar os fluxos de aporte do seu investimento, tanto da aplicação inicial quanto das próximas. Depois também é preciso conhecer a taxa de rentabilidade da sua aplicação

Assim, a medida que os seus investimentos financeiros vão dando resultado mais próximo estará o seu Payback. Quando, portanto, a rentabilidade bater o número de R$ 20.000,00 você chegará ao Payback descontado.

Payback simples x payback descontado: qual a diferença entre os dois?

Existem alguns tipos de Payback. os mais comuns são o simples e o descontado, que estamos estudando neste artigo. A principal diferença entre os dois é que o primeiro não leva em consideração o valor do capital investido no tempo.

Quando não é necessário considerar o valor do dinheiro durante os anos em que ele se manteve aplicado a metodologia mais simples do Payback pode ser aplicada, no entanto, no descontado a taxa de juros será considerada na fórmula, como você já notou ao conferir o cálculo do Payback descontado.

Então, em outras palavras, temos que o Payback simples é uma ferramenta que permite ao investidor avaliar os desdobramentos de sua aplicação. O Payback descontado, porém, é acrescido do custo de capital.

Quais são as vantagens e desvantagens do payback descontado?

Agora que você já entendeu o que é o Payback descontado e como é feito o seu cálculo nós demonstraremos algumas vantagens e desvantagens de contar com esse tipo de indicador em seus investimentos. Acompanhe!

Uma das principais vantagens do Payback está na simplicidade para efetuar o seu cálculo e analisar o resultado. Se comprar esse indicador com a Taxa Interna de Retorno (TIR), Valor Presente Líquido entre outros, perceberá que para analisar esses elementos é necessário um vasto conhecimento de finanças e contabilidade.

Além disso, vale a pena ressaltar que o Payback descontado é uma ferramenta que utiliza a taxa de juros da modalidade composta para aplicar sobre o fluxo de caixa. Entretanto, como você já deve imaginar, existem algumas desvantagens em utilizar esse indicador em seus investimentos.

Uma delas é o fato de que é necessário ter o máximo de confiabilidade nos dados. Além disso, também podem haver alterações inesperadas no resultado final. Como todo indicador de mercado, ele sofrerá grandes influências das questões macroeconômicas.

Como o Payback descontado pode afetar seus investimentos?

Apesar de essa ferramenta ser amplamente utilizada por empresários e gestores de negócios, ela também pode ser aplicada para gerenciar o sucesso de seus investimentos. Isso porque, ele fornecerá os dado necessários para saber em quanto tempo suas aplicações financeiras demorarão para retornar com os resultados esperados.

Sendo assim, com base nesses dados será possível programar suas aplicações e destinar a quantia correta para cada uma delas, respeitando sempre as suas necessidades de curto, médio e longo prazo. Por exemplo, você não investirá uma quantia que necessitará nos próximos 6 meses em uma aplicação que demora um ano para “pagar” o valor aplicado.

Assim, fica mais fácil saber em quais títulos investir, possibilitando que você sempre tenha os melhores retornos com base em suas necessidades, objetivos e perfil de investidor.

Como você pode perceber, o Payback descontado, apesar de ser uma ferramenta amplamente utilizada nas empresas, também pode ser aplicado a uma pessoa que pretende ou já tem investimentos em andamento. Assim, é possível mensurar com maior exatidão a capacidade de gerar retornos positivos em suas aplicações.

Se gostou do assunto e quer saber mais, não deixei de conferir nossas outras publicações. Temos algumas sugestões abaixo, porém muitos outros conteúdos estão disponíveis aqui