Onde encontrar as taxas cobradas pelos fundos de investimentos?

Por admin

Os fundos de investimentos, uma modalidade coletiva para investir, cada vez mais estão presentes no cotidiano dos brasileiros, que buscam maior estabilidade financeira.

Os fundos de investimento são operados e controlados por diversas instituições, como gestores, custodiantes, administradores, auditores, distribuidores e órgãos de fiscalização. Desta forma, para operar e gerenciar o seu dinheiro, a maioria das empresas cobra uma taxa de administração, considerado um dos principais custos que devem ser desembolsados pelo investidor. E saber onde encontrar as taxas de fundos de investimentos é fundamental.

Essas informações são públicas e a internet é um bom caminho para encontrar mais detalhes sobre as taxas de fundos de investimentos. Mesmo que para muitos investidores esses valores não sejam prioridade na hora de escolher os tipos de fundos, essas taxas são importantes para a rentabilidade.

 O que é taxa de administração?

Basicamente, as taxas de administração dos investimentos são valores pagos pela prestação do serviço, tanto de gestão, quanto de administração. Assim, ela também é destinada aos demais elementos que operam no fundo de investimento.

Além disso, a taxa de administração pode variar de acordo com cada instituição e produto. Geralmente, as taxas de fundo de renda fixa são menores em relação às de fundos de ações.

Como é cobrada

A cobrança da taxa de administração é baseada de acordo com um percentual ao ano sobre o patrimônio do fundo e ocorre mensalmente. Independente se a aplicação for valorizada, ou não, este encargo existirá.

Vamos a um exemplo: se o investidor depositar R$1.000,00 em um fundo que cobre 2% ao ano, ocorrerá um desconto de R$20,00 ao longo de 12 meses. Se o mesmo valor for mantido por seis meses, a despesa será de R$10,00.

O que é taxa de performance?

Outra cobrança que os fundos de investimentos podem fazer são as taxas de performance. Trata-se de um valor cobrado de um cotista quando a rentabilidade do fundo é maior que da referência.

Além disso, ela é previamente determinada na criação do fundo. Assim, o cotista tem conhecimento desta cobrança antes mesmo de fazer a aplicação. Mas é importante lembrar que nem todos os fundos cobram essa taxa. Desta forma, a taxa de performance fica restrita somente aos Multimercados, Ações, Cambiais e de Dívida Externa.

A cobrada da taxa performance é vedada para Fundos das classes Curto Prazo, Referenciado DI e Renda Fixa. A determinação é da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) 555.

Por exemplo, um fundo que apresenta taxa de performance de 20% sobre o que exceder a variação do CDI, caso a rentabilidade do fundo ultrapassar esta marca, ficará com 80% do excedente:

Assim, o cálculo será:

  • Rendimento do fundo no ano: 15%
  • Variação do CDI no ano: 10%
  • Excedente sobre o qual incidirá a performance: 5%
  • Taxa de performance ou remuneração “extra” que será paga: 1%

Aproveite e leia também: Tesouro Selic e Taxa Selic: entenda a diferença para seus investimentos

Como avaliar as taxas de administração?

Veja abaixo algumas formas para avaliar as taxas de administração:

  • Os Fundos referenciados DI e de renda fixa, assim como os fundos de baixa volatilidade, cobram taxas mais baixas, inferiores a 1% ao ano.
  • Já os Fundos de Ações cobram a taxa de 2% ao ano. Assim, poderá ter taxa de performance entre 15% e 20% de ganho excedente.
  • Por fim, os fundos de multimercados apresentam taxa de administração entre 0,5% e 2% ao ano. Porém, dependendo da complexidade, admite taxa de performance em relação ao CDI.

Como funciona a cobrança das taxas?

A taxa é cobrada mensalmente, mesmo que os valores do fundo sejam anuais. Assim, este recolhimento ocorre de forma automática, feito pelo gestor da aplicação.

Por outro lado, em investimentos líquidos, a taxa será descontada em cima do capital depositado. Já no fundo de investimento é diferente. A taxa é provisionada sob o valor das cotas de cada investidor.

Exemplificando. Se o investidor aplicar R$ 100.000 em um fundo de investimento, cuja taxa de administração é de 2% ao ano, pagará neste período R$ 200 a título de taxa de administração.

Assim, a cobrança será dividida ao longo do ano, com cada parte sendo cobrada ao final de todo mês.

Onde encontrar as taxas cobradas pelos fundos de investimentos?

Por fim, explicaremos onde encontrar as taxas cobradas pelos fundos de investimentos. Apesar de serem públicas, estas informações se encontram dentro de um sistema da CVM.

Veja abaixo um passo a passo, baseado em informações no site da CVM, sobre onde encontrar as taxas cobradas pelo fundo de investimentos:

  1. Acesse www.cvm.gov.br
  2. No menu lateral esquerdo, clique em “CONSULTA À BASE DE DADOS”
  3. Abrirá um submenu e você clicará em “Fundos de Investimento”
  4. Na nova página, clique em “FUNDOS DE INVESTIMENTO REGISTRADOS”
  5. Forneça seus dados, como nome e ou o CNPJ do fundo
  6. Vá direto ao campo do número verificador. Você pode gerar um novo número
  7. Posteriormente, procure “Documentos Associados” e clique em “Regulamento”
  8. Na nova página gerada, haverá informações sobre a versão atual do regulamento. Clique em “Exemplar do Regulamento” para abrir o documento
  9. Cada fundo tem um modelo de regulamento. Para pesquisar, aperte “CTRL + L” ou “CTRL + F” do seu teclado e procure pela palavra “taxa”. Mas atenção, nem todos os modelos tem essa alternativa. Alguns apresentarão as informações direto em imagens
  10. Assim, no campo pesquisável, busque por Taxa de Administração e/ou Taxa de Performance. E pronto, você terá a informação necessária

Mais informações sobre investimentos em fundos podem ser obtidas no site Portal do Investidor, da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).