Alcance seu primeiro milhão com risco baixo de investimento.

Por admin

Alcançar o primeiro milhão de reais com risco baixo, exige ante de qualquer coisa, muita disciplina e uma vida relativamente estabilizada com uma boa folga para realizar aplicações periódicas. Veja algumas dicas:

Faça um planejamento financeiro

Essa meta exigirá do investidor muita cautela do investidor e pede também que ele tenha objetivos claros. Por isso, manter um planejamento na ponta do lápis (ou do Excel) é fundamental para que a sua vida financeira seja tranquila e que obtenha o seu primeiro milhão com risco baixo.

Se houver a possibilidade de vender algum ativo como um segundo ou terceiro carro, por exemplo, esse valor vai te ajudar a acelerar esta conquista. Ademais, os aportes mensais precisam seguir uma regra quase que sagrada, pois esta regra é primordial para a boa conduta.

Economize

Dependendo do seu estilo de vida, vale fazer uma revisão sobre tudo o que você consome e que poderá eventualmente ser deixado de lado, ou ao menos reduzido.

Algumas viagens, idas a restaurantes caros, lançamentos tecnológicos do ano, entre tantos outros desejos que orbitam no nosso dia a dia, precisaram receber uma pausa e repensar se precisará ser tudo aquilo mesmo!

Determine um valor mensal de investimento

Um investimento como esse não se obtém rapidamente, portanto, você precisa se conscientizar de que se trata de um plano de longo prazo primeiro milhão com risco baixo. Assim, estimar um prazo de dez, quinze ou vinte anos, por mais que pareça distante, certamente lhe será útil, já que você poderá de toda esta disciplina no período próximo da sua aposentadoria ou até mesmo antes.

Portanto, a palavra de regra é: economize!

Tenha disciplina

Se falar em economizar é uma regra, uma outra regra é a regularidade de aportes periódicos. Assim, se torna de suma importância destinar um valor mensal para a aplicação que está sendo reservado o montante.

Conforme for o prazo em que você iniciará o projeto de obter o seu primeiro milhão até o tempo que será o objetivo no qual você chegará a ele, você precisará equilibrar o seu aporte financeiro mensal.

Para definir o valor desse aporte, você precisará fazer uma análise do seu atual momento e quais são as perspectivas futuras para a sua carreira profissional e, consequentemente, da sua renda.

Invista

Se quando iniciar o seu aporte mensal, sua situação financeira for menos tranquila, os valores investidos poderão ser menores. Mas, conforme se der a sua evolução profissional, o aporte mensal também precisará acompanhar esta evolução.

Se eventualmente você puder adquirir ativos que se valorizem no mercado como, por exemplo, imóveis, essas aplicações poderão ser incorporadas ao seu investimento já em andamento, com o intuito de acelerar a conquista da meta.

O importante é que a relação renda/aporte seja realizada de forma que nem você e nem a sua família fiquem desguarnecidos de quaisquer necessidades importantes para uma boa qualidade de vida. Pensar na educação dos filhos, saúde física e mental de todos os membros do núcleo familiar, além de outras demandas para uma vida constituída com a devida qualidade, vale muito mais do que atingir o objetivo de obter o primeiro milhão com baixo risco.

Embora estejamos abordando as questões relacionadas a disciplina e aportes, ainda há outro aspecto que precisa ser analisado periodicamente conforme evolui o montante aplicado.

Se o seu objetivo é o de conquistar o seu primeiro milhão com risco baixo, estudar as aplicações financeiras que proporcionem rentabilidade e que ao mesmo tempo lhe dê segurança, se torna uma prática também periódica.

O ato de acompanhar a evolução dos índices de rentabilidade poderá fazer com que você identifique produtos financeiros para cada fase em que o montante aplicado atingir um determinado patamar.

Obviamente, você poderá tentar acelerar o objetivo de conquistar o seu primeiro milhão tentando diversificar a sua carteira de investimento, distribuindo com a devida orientação de um profissional da área entre aplicações conservadoras, moderadas e arrojadas.

Nisto, vale ressaltar que um investimento em aplicações moderadas e arrojadas, caso não proporcionem o resultado inicialmente esperado, poderá ser alguns passos para trás em seu objetivo.

Por isso, associar o desenvolvimento profissional de forma que possibilite maior renda com a disciplina, pode ser o melhor caminho a ser percorrido ainda que pareça moroso.

Melhores aplicações para atingir o primeiro milhão com risco baixo

Uma das soluções que você pode estudar para acelerar esse processo é estudar aplicações do Tesouro Direto. Consideradas muito seguras e com rentabilidade maior que a poupança, o Tesouro Direto oferece possibilidades de aplicações nas quais você poderá obter o seu primeiro milhão com risco baixo:

  • Fundo DI de banco grande (rendimento de 87% do CDI): 4,35%
  • CDB de banco grande (92% do CDI): 4,06%
  • CDB de banco médio (118% do CDI): 5,21.[WR1]

Portanto, tenha certeza de que é possível você conquistar o seu primeiro milhão com baixo risco de investir. Apenas tenha em mente que este objetivo deve estar acompanhado de muita determinação, disciplina, aportes periódico, estudo e acompanhamento dos índices dos diferentes tipos de investimento, entre outros aspectos mencionados anteriormente neste artigo.