Bancos Digitais: tudo que você precisa saber para escolher o seu

Por admin

Os serviços, a princípio, são os mesmos de um banco convencional. Abrir ou fechar uma conta bancária, pagar boletos, transferir dinheiro para outra pessoa e até mesmo negociar um empréstimo com o gerente. A diferença primordial: fazer tudo isso com os dedos, na palma da mão, sem precisar sair de casa, preencher papeis ou esperar um minuto sequer na fila.

Confira nossas dicas para ficar rico e mude de vida!

Os avanços da Era Digital que resultaram na revolução dos smartphones possibilitaram o surgimento de um fenômeno ainda recente, porém cujo uso promete ser cada vez mais comum: os bancos digitais.

Já presentes anteriormente em muitos países, os bancos 100% digitais tiveram seu caminho pavimentado no Brasil com a permissão, a partir de 2016, da possibilidade de se abrir e fechar contas à distância.

A decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) eliminou a obrigatoriedade de se comparecer a uma agência física, o que era necessário em algum momento do relacionamento instituição-cliente mesmo para os bancos que já ofereciam serviços virtuais.

Como funcionam os bancos digitais

A princípio, qualquer pessoa que possua CPF, RG ou CNH – e outros documentos ou pré-requisitos cujas obrigatoriedades variam de acordo com a instituição, como comprovante de renda, comprovante de residência e nome limpo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) – pode abrir sua conta em um banco digital. Aberta a conta, o novo cliente faz o download em seu smartphone do aplicativo (app) oferecido pelo banco e passa a realizar todas as suas operações financeiras nessa plataforma digital.

Com o custo de operação muito reduzido em relação aos bancos comuns (já que quase não há gasto com a manutenção de grandes equipes e agências físicas), os bancos digitais muitas vezes reduzem ou não cobram muitas das taxas usualmente exigidas, como a taxa de manutenção da conta bancária. Por outro lado, o saque de dinheiro em espécie costuma ser feito somente em caixas eletrônicos de outras instituições e, portanto, é taxado.

Algumas diferenças entre os bancos digitais e os bancos convencionais

Bancos Digitais Bancos Convencionais
Abertura de contas à distânciaAbertura de contas presencial
Atendimento fora do horário comercialAtendimento em horário comercial
Maioria não cobra taxa de manutençãoMaioria cobra taxa de manutenção
Saques em caixas de outros bancosSaques nos próprios caixas

Como cada instituição traz suas próprias normas e ofertas – que podem servir bem a uma pessoa e ser inadequada para outra – é sempre necessário pesquisar a fundo e, de preferência, consultar um especialista em assuntos financeiros antes de escolher o banco digital ideal para você. Além disso, nem só de vantagens vivem os bancos digitais, como veremos a seguir.

Aprenda a poupar dinheiro com a Onze e comece a investir!

Bancos digitais: vantagens

– Operação 100% Online
– Pouca burocracia
– Muitas oferecem cartões de débito e crédito sem anuidade
– Atendimento fora do horário comercial
– Pagamento de contas via leitor de código de barras do smartphone
– Diversas opções para investir à disposição
– Maioria não cobra taxa de manutenção de conta
– Seguro (tomando alguns cuidados, como não utilizar o app em rede de wi-fi pública e ficar atento ao sistema de notificações do banco)

Banco digitais: desvantagens

– Ausência de relacionamento interpessoal entre o cliente e o gerente
– Saques de dinheiro nos caixas eletrônicos de outros bancos (taxados)
– Pouco espaço para negociação (negociações costumam ser automáticas no app)
– Depósitos em dinheiro somente via TED ou DOC
– Nem todos os bancos digitais oferecem isenção de tarifas: pesquise antes de escolher o seu!

Principais bancos digitais

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), o chamado mobile banking cresceu 24% em 2018: foram 2,5 milhões de contas abertas via smartphone ao longo do ano passado, e o mobile banking movimentou cerca de R$ 31,3 bilhões no mesmo período. O uso cada vez mais constante dos meios digitais para operar os serviços financeiros do dia a dia é acompanhado pelo aumento das opções de bancos digitais disponíveis no mercado nacional.

Confira alguns dos principais bancos digitais disponíveis no Brasil:

Banco Original
Nubank
Banco Inter
Agibank
Banco Neon
C6 Bank  
Sofisa Direto

Sobre a Onze

A Onze é uma casa de investimentos que tem o propósito de gerir o patrimônio financeiro de longo prazo dos investidores. Para isso, oferece planos de previdência privada que investem em ativos diversos da economia brasileira. A Onze também oferece uma experiência digital personalizada e simples, de modo que o investidor tenha acesso a produtos financeiros exclusivos a taxas justas.