Ibovespa agora: como acompanhar a cotação do índice

Por Redação Onze

Ibovespa agora: como acompanhar

Existem diversas ferramentas para você acompanhar o Ibovespa agora, em tempo real. Algumas são gratuitas e outras pagas. A escolha vai depender de seus objetivos.

Por se tratar do mais importante índice da bolsa brasileira, o Ibovespa é notícia nos principais veículos de comunicação do país. Quando os jornais dizem que a bolsa subiu ou caiu, na verdade estão se referindo ao IBOV.

Você encontrará com frequência em sites de notícias a cotação do índice, inclusive com gráficos. Mas é bom ficar atento à divulgação com atrasos. Muitos websites têm delay de 15 minutos ou mais.

A seguir, selecionamos algumas ferramentas que podem ser usadas tanto pelo computador quanto pelo smartphone. Vamos a elas:

Home broker

Os home brokers são muito utilizados para acompanhar índices, ações, fundos e diversos outros ativos negociados na bolsa.

São ferramentas disponibilizadas pelas corretoras de valores, responsáveis pela intermediação entre o investidor e a B3.

Se você quer se manter informado sobre o desempenho do Ibovespa agora, ao acessar o home broker basta digitar IBOV no buscador. Terá o valor da cotação imediatamente.

Pelo home broker, também é possível acessar gráficos e ferramentas de análise técnica, além de enviar ordem de compra e venda de ativos.

Software de investimentos

Os softwares de investimentos e as plataformas profissionais são os mais completos instrumentos para investidores e traders. Geralmente são pagos, mas oferecem alta performance de desempenho.

Além de acompanhar as cotações em tempo real da B3 e de outras bolsas mundiais, você tem nas plataformas profissionais um arsenal de ferramentas analíticas. As informações são precisas e os dados, confiáveis.

Aplicativo da corretora

As corretoras de valores também oferecem aplicativos para smartphones, pelos quais você pode acompanhar o mercado e fazer operações de compra e venda.

Quer conferir como está o Ibovespa agora, mas não está na frente do computador? As versões mobile disponibilizam a informação completa, com gráficos de candles e ferramentas para analisar diferentes tipos de ativos. Tudo na palma da mão onde você estiver.

Ibovespa agora: quais empresas estão no índice

O índice Ibovespa é formado pelas ações que têm os maiores volumes de negociação. Criado em 1963, é a principal referência do mercado brasileiro de renda variável.

Além de balizar o desempenho da bolsa, o Ibovespa serve de benchmark para outros investimentos, como os fundos de ações e multimercados.

A quantidade de empresas que integram o índice varia. De quatro em quatro meses, o Ibovespa passa por uma reavaliação que pode excluir ou incluir novas companhias, de acordo com as regras preestabelecidas.

Algumas empresas que fazem parte do Ibovespa agora são:

  • Vale (VALE3): 10,2% de participação
  • Itaú (ITUB4): 7,6% de participação
  • B3 (B3SA3): 6% de participação
  • Petrobras (PETR4): 5,8% de participação
  • Bradesco (BBDC4): 5,7% de participação
  • Ambev (ABEV3): 3,6% de participação

No site da B3 você encontra a lista completa.

Como investir no Ibovespa agora

Quer saber como investir no Ibovespa agora? Como vimos, o Ibovespa é um índice, e não um ativo. Mas é possível investir em ETFs (Exchange-Traded Fund) que replicam seu desempenho.

Investir em ETF é como comprar uma cesta com todas as ações do índice de uma vez só. Eles são fundos de gestão passiva, logo cobram taxas mais baixas de administração em relação a outros fundos de investimento.

As operações de compra e venda de ETFs são feitas pelas plataformas de negociação das corretoras, idênticas ao processo de investimento em ações.

Você encontrará diversos ETFs que replicam diferentes índices da bolsa. Clique aqui e confira os listados na B3.

Mas se seu interesse é pelo Ibovespa, a seguir detalhamos dois fundos que replicam esse índice: o BOVA11 e o BOVV11.

BOVV11

O ETF BOVV11 é administrado e gerido pelo Itaú Unibanco. Tem como objetivo refletir a performance da carteira teórica do Ibovespa, antes das taxas e despesas.

O BOVV11 começou a ser negociado em 2016 e cobra 0,30% de taxa de administração ao ano. O lote padrão de negociação é de 10 cotas.

BOVA11

O BOVA11 é um ETF da Black Rock, a maior gestora de recursos do mundo. O lote de negociação padrão também é de 10 cotas.

Listado na bolsa em 2008, cobra taxa de administração de 0,30% e replica o desempenho do Ibovespa.

No site da Black Rock você encontra mais informações sobre o fundo, como rentabilidade e principais características.

Viu como é fácil acompanhar as cotações do Ibovespa agora? Dá até para investir em fundos que acompanham seu desempenho. Se você gostou do artigo, compartilhe com seus amigos nas redes sociais.