Melhores Investimentos para o Investidor Conservador

Por Redação Onze

Tipos de investimentos

Se você está considerando começar a investir como forma de aumentar a sua renda, é importante conhecer quais são os tipos de investimentos existentes no mercado. Afinal, existe uma grande variedade disponível, sendo que cada um deles possui vantagens e desvantagens específicas.

Além disso, ao escolher qual é a melhor opção para você, é preciso levar em conta o seu perfil de investidor, que pode ser mais conservador, moderado ou agressivo. Eles são definidos de acordo com a sua tolerância a riscos.

Para te ajudar nessa decisão, preparamos este conteúdo, explicando quais são os principais tipos de investimentos no Brasil e no exterior, seus maiores riscos e dicas de como começar a aplicar o seu dinheiro da melhor maneira possível. Acompanhe!

Tipos de investimentos mais comuns

Existem dois grupos principais em que os investimentos podem se encaixar: renda fixa e renda variável. A categoria da renda fixa reúne opções mais estáveis e que permitem uma previsibilidade maior, ou seja, o valor dos investimentos mantém-se quase constante ao longo dos meses ou até mesmo anos.

Os principais investimentos que se enquadram nessa categoria são:

  • Tesouro Direto;
  • Poupança;
  • CDI;
  • LCI;
  • CDB;
  • LCA

Eles podem ser divididos entre pré-fixados, nos quais o rendimento já é determinado quando você aplica o dinheiro, como é o caso do Tesouro Direto; e pós-fixados, em que a rentabilidade vai variar de acordo com a flutuação de algum índice ao qual eles estão atrelados, como o CDI.

Já a renda variável leva esse nome porque os rendimentos não são fixos e podem se alterar de forma inesperada conforme as flutuações do mercado e da economia. Essa categoria, justamente por não ser estável, permite que os investidores atinjam ganhos fora de um teto pré-estabelecido.

Contudo, o risco de perdas também é potencializado em relação à renda fixa. Por isso, ao investir em renda variável, é preciso dobrar a cautela para não acabar tendo prejuízos. O principal representante deste grupo é a Bolsa de Valores, na qual são comprados e vendidos títulos e ações de empresas de capital aberto.

Riscos associados aos investimentos

Podemos dizer que o risco de um investimento é o seu potencial de perdas. Existem alguns tipos diferentes de riscos, sendo que o que pode ser mais prejudicial para cada investidor pode variar de acordo com as suas prioridades. Conheça os principais:

Risco de mercado

É o que podemos chamar de risco inerente ao mercado no qual um determinado ativo é negociado. Alguns exemplos disso são quando há mudanças nas taxas de juros, inflação, câmbio ou índice Ibovespa. Nesses casos, vários ativos são afetados simultaneamente de forma orgânica.

Risco operacional

É causado por alguma decisão ou medida interna de uma instituição. Por exemplo, quando há falhas acidentais em processos organizacionais.

Risco de liquidez

Acontece quando não é possível negociar um determinado ativo a tempo de evitar uma perda. Um exemplo é quando uma ação se desvaloriza demais antes que seja possível vendê-la, ocasionando um prejuízo ao investidor.

Risco de crédito

Ocorre sempre que o emissor de um ativo não respeita as obrigações financeiras que tem para com os seus investidores. Isso gera o chamado default financeiro.

Investimentos no Brasil

Uma das maneiras mais efetivas de reduzir os riscos envolvidos na hora de aplicar o seu dinheiro é diversificar a carteira de ativos. Isso quer dizer que é saudável apostar em diferentes tipos de investimentos para compor a renda.

No entanto, é preciso tomar cuidado para não diversificar demais, pois os custos envolvidos em cada transação podem ficar muito elevados e não compensarem a estratégia.

Para isso, entenda quais são os tipos de investimentos mais rentáveis no Brasil atualmente:

Ações

Uma ação é uma pequena fração de uma empresa de capital aberto. Ao comprar uma ação, o investidor se torna uma espécie de sócio da instituição. As transações de compra e venda de ações acontece na Bolsa de Valores e podem ser feitas diariamente ou a longo prazo, de acordo com as preferências do investidor.

O rendimento acontece principalmente por meio dos dividendos – repartições dos lucros da empresa com os acionistas – e da venda das ações valorizadas em relação ao momento da compra.

CDB e RDB

Essas siglas significam, respectivamente, Comprovante de Depósito Bancário e Recibo de Depósito Bancário. De forma simplificada, esse tipo de investimento consiste em um empréstimo de dinheiro a um banco ou instituição financeira. Ao final do prazo estabelecido, o investidor recebe o dinheiro de volta com juros.

LCI e LCA

A Letra de Crédito Imobiliário e a Letra de Crédito do Agronegócio, respectivamente, são títulos de dívida emitidos por bancos como forma de financiar esses setores. Esses investimentos são isentos da cobrança de Imposto de Renda.

Títulos públicos (Tesouro Direto)

Este é um dos tipos de investimentos menos arriscado, pois trata-se de uma espécie de empréstimo para o governo, ou seja, você estará comprando títulos do Tesouro Nacional.

Ao investir, é possível escolher quanto dinheiro colocar e quando pretende resgatar o valor. Quanto maior a quantia depositada e o prazo de vencimento da aplicação, maior é o rendimento que ela proporciona. Assim, esta é uma modalidade geralmente de longo prazo, com exceção do Tesouro Selic, que pode ser resgatado em pouco tempo.

Investimentos no exterior

Investidores que estejam receosos com a crise econômica e a situação financeira do Brasil também têm a opção de investir fora do país. Essa é uma alternativa para ampliar os rendimentos, embora seja um pouco mais complicada do que fazer uma aplicação em solo nacional. O ideal é buscar uma empresa especializada, que possa ajudar nesse processo.

Alguns dos principais tipos de investimentos no exterior são:

ETFs

Os Exchange Traded Funds são os fundos de índices estrangeiros. Eles são negociados na Bolsa de Valores como uma ação tradicional, com a diferença que cada cota adquirida equivale a uma carteira de títulos.

Fundos de investimentos

Essa modalidade tem a vantagem de não ser preciso enviar dinheiro para o exterior, já que é possível investir diretamente do Brasil, de forma semelhante a qualquer outro fundo de investimentos. Está disponível para aplicações a partir de R$ 25 mil e tem uma alta taxa de rentabilidade.

BDR

Os Brazilian Depositary Receipts são uma maneira de comprar títulos representativos de ações da Bolsa de Valores estadunidense, negociadas diretamente pelo pregão da B3. A principal vantagem é a comodidade e a economia para os investidores, que conseguem ter o rendimento de ativos internacionais, negociando diretamente na Bolsa brasileira.

Como começar a investir nos melhores tipos de investimentos

Agora que você já conhece quais são os tipos de investimentos disponíveis no mercado, chegou a hora de começar a investir.

A melhor maneira de entrar nesse mercado é procurando uma empresa especializada em investimentos que possa te dar o suporte necessário, desde a definição do seu perfil de investidor até a decisão de quais aplicações são mais adequadas aos seus objetivos.

A Onze Investimentos é uma casa de investimentos que oferece uma experiência personalizada aos investidores, que podem ter acesso aos melhores produtos financeiros sem pagar taxas abusivas. Quer saber mais? Acesse o site e conheça os nossos produtos.