Política Monetária: o que é, para que serve e qual a importância?

Por Redação Onze

política monetária

Como é elaborada a política monetária

O Banco Central (BC) é responsável por controlar a quantidade de moeda que circula na economia por meio do Comitê de Política Monetária (COPOM). Sendo assim, as medidas de Política Monetária adotadas visam o equilíbrio da economia, alterando a oferta de moeda e definindo as taxas de juros. Definições importantes para conter e superar crises, bem como manter a inflação sob controle. 

Para elaboração da Política Monetária vigente, o Banco Central leva em consideração critérios macroeconômicos para avaliar o desempenho da economia com objetivo de promover a estabilidade de preços, utilizando a taxa de juros como instrumento de controle da inflação. 

Qual a importância da política monetária

A Política Monetária é o que vai determinar se será mantida ou alterada a taxa básica de juros (a taxa Selic). Medida que interfere diretamente no mercado de investimentos e no poder de consumo da população, já que essa decisão impacta no valor da moeda e nos preços de produtos e serviços. 

Pelo fato da Política Monetária impactar diretamente na economia, investidores devem ficar de atentos às modificações da taxa Selic, principalmente em investimentos de renda fixa. Afinal, qualquer medida adotada podem comprometer a rentabilidade das aplicações, promovendo ganhos ou perdas.

Por esse motivo, acompanhar a evolução e oscilação da taxa Selic é essencial para escolher as melhores oportunidades de investimentos, levando em consideração a variação da taxa Selic. 

Conheça os principais instrumentos da política monetária no Brasil:

  • Recolhimento compulsório;
  • Redesconto bancário;
  • Operações com títulos públicos;
  • Controle e seleção de crédito.

Quais os tipos de política monetária

Atualmente, no Brasil, existem diferentes tipos de políticas monetárias. A Política Monetária Contracionista e a Política Monetária Expansionista. A Política Monetária a ser adotada depende do comportamento da economia brasileira. 

Entenda a seguir as principais diferenças entre cada uma delas: 

 

  • Política Monetária Expansionista

 

Na Política Monetária Expansionista, o Banco Central aumenta a oferta de moeda em circulação no país e reduz as taxas de juros com o objetivo de melhorar o desempenho da economia por meio do aumento do poder de compra para incentivar o consumo.

 

  • Política Monetária Contracionista

 

Ao contrário da Política Monetária Expansionista, a Política Monetária contracionista é promove a desaceleração do PIB e do consumo dentro de uma economia. O Banco Central aumenta a taxa de juros para diminuir a demanda por crédito junto aos bancos, reduzindo a circulação de moeda da economia e, com isso, a redução da inflação devido a diminuição da demanda.

Quer ficar por dentro das melhores oportunidades de investimentos? Converse com especialistas da Onze Investimentos e receba toda a orientação necessária para obter maior rentabilidade em suas aplicações.