Tape Reading: o que é e como aprender a usar?

Por admin

Saiba o que é o Tape Reading e como utilizar essa técnica de análise de fluxo na bolsa de valores.

Quem deseja se tornar um investidor da Bolsa de Valores certamente irá se deparar com o termo Tape Reading. O método auxilia investidores a identificarem ótimas oportunidades de negócios.

Também chamado de Leitura, ou Análise de Fluxo de Ordens, o Tape Reading consiste em uma ferramenta que ajuda investidores e futuros investidores a fazerem a leitura dos negócios fechados em concomitância com a dinâmica do Book de Ofertas.

A técnica tem como principal intuito avaliar os fluxos do mercado em um momento específico: o presente. Assim, ela possibilita ao investidor identificar a direção que os grandes volumes financeiros estão tomando. Acompanhe de perto os principais conceitos envolvidos na técnica e como ela funciona na prática.

Saiba mais: Como calcular a rentabilidade dos seus investimentos.

O que é Tape Reading e como surgiu

O Tape Reading é uma técnica bastante antiga, sendo uma das primeiras estratégias para análise da bolsa de valores. Para entender melhor sua história, é preciso saber que ela promove uma análise de fluxos tendo como base a leitura de uma fita.

De forma sintética, a fita registrava dados relacionados ao horário de negociação, variação de preço, código da ação e se ela foi comprada por valor acima ou abaixo do último negociado.

Na época em que foi criada, havia uma máquina que era responsável por essa leitura, e ela se localizava nos escritórios dos corretores. Esses profissionais utilizavam o Tape Reading com o objetivo de identificar em quais locais o fluxo do investimento era maior ou menor.

Por meio da leitura de fita, os investidores eram capazes de captar o sentido do fluxo das grandes negociações e ações mais valiosas durante o pregão. Dessa leitura é que advém o nome Tape Reading, que poderia ser chamado, em tradução literal, de Leitura de Fita.

Para que serve o Tape Reading

O Tape Reading, como dito anteriormente, é uma das técnicas mais antigas de análise de fluxos, e existe desde os primórdios da venda de ações, quando ainda eram realizadas por meio telefônico, muito antes do advento da internet.

É claro que muita coisa mudou nos últimos tempos, as fitas já não existem e as máquinas de leitura se tornaram obsoletas em sua função de avaliar o fluxo do mercado. As negociações hodiernas são realizadas de maneira online, em tempo real, analisando o desempenho das ações e o fluxo dos grandes investidores.

Ao contrário de como acontecia nos tempos das máquinas de leitura, o Tape Reading é o meio utilizado atualmente para ter acesso a dados pertinentes a uma negociação, não mais com o intuito de identificar movimentos de outros investidores.

Tendo em vista essa mudança de foco, hoje é possível observar subcategorias do Tape Reading quando leva-se em consideração os tipos de análise de preços. São elas:

Book de ofertas: Por meio do book de ofertas é possível identificar as intenções de venda e de compra dos investidores presentes no mercado no momento. Dessa maneira, o interessado consegue ter acesso às ordens que virão a ser negociadas e outras informações relevantes, como a instituição financeira de origem e o preço, por exemplo.

Histórico de operações: O histórico permite que a pessoa enxergue com clareza as negociações que foram fechadas, ou seja, os detalhes envolvidos nos trâmites financeiros, como quem foi o investidor com intenção de fechar o negócio, a quantidade, hora, preço, instituições envolvidas na transação, entre outros.

Volume de profile: A última ferramenta é essencial a quem deseja saber a intenção de negócios dos investidores de maneira bem organizada. Por meio dela, é possível ter acesso ao volume de negócios efetuados de acordo com as regiões de concentração de vendedores e compradores, ou seja, com filtragem mais específica.

Tendo em vista essas subcategorias, é possível afirmar que o Tape Reading funciona como uma ferramenta para coletar dados sobre o mercado acionário.

As informações disponibilizadas pelo Tape Reading permanecem sendo importantes para que os investidores encontrem as melhores oportunidades de investimento, mesmo que as novas tecnologias e ferramentas tenham simplificado o processo de inserção e atuação no mercado financeiro.

Como aprender a técnica de Tape Reading

O primeiro passo para utilizar Tape Reading é conseguir perceber a qualidade e quantidade das ordens que emanam o tempo todo no mercado por meio do histórico de negócios.

O histórico é o que permite ter clareza sobre o que está realmente acontecendo, os negócios executados e quem são os “big players” que movimentam o mercado.

No book de ofertas, por exemplo, o investidor consegue ter acesso às intenções dos players por meio de ordens que ainda não foram executadas.

A principal dica para quem deseja começar a utilizar-se do Tape Reading é desenvolver um “tato” em relação ao funcionamento do mercado. Essa habilidade é adquirida por meio de muito estudo e conhecimento mais aprofundado, identificando quais fatores realmente impactam no andamento dos preços e fluxos do mercado.

A partir disso, é possível buscar formas de vivenciar o Tape Reading na prática, se acostumar com sua dinâmica e acompanhar o mercado em tempo real.

Exemplo de Tape Reading

Um exemplo clássico de Tape Reading diz respeito a negociações de dólar futuro: tudo se inicia com a percepção de um fluxo vendedor bem maior, ou seja, mais intenso, em que há vários investidores interessados em vender suas posições.

Como é de se esperar, quando a oferta é alta, a intensidade causa um desequilíbrio na balança e faz com que o preço caia.

Principais vantagens do Tape Reading

Dentro do mercado de ações, é sabido que, quanto maior o acesso a informações sobre as operações e sobre o mercado, mais provável será a obtenção de bons resultados. Dessa forma, a maior vantagem do Tape Reading consiste no oferecimento de dados importantes sobre negociações ainda em execução de grandes investidores.

O mercado de ações é caracterizado pela volatilidade, ou seja, o cenário pode mudar do dia para a noite. Em vista disso, é sempre bom contar com uma referência. Por meio de uma análise desses fluxos de investimentos, o investidor consegue criar uma base de dados para se guiar em relação ao mercado e seguir na melhor direção.

Outra vantagem da técnica diz respeito ao seu excelente caráter estratégico na identificação do melhor momento de fechar um negócio, evitando os prejuízos ocasionados pela perda de tempo durante uma venda. Assim, utilizar-se dessa ferramenta significa aumentar consideravelmente a chance de realizar bons negócios.

Saiba mais sobre Tape Reading e feche o melhor investimento com a Onze

A Onze é uma casa de investimentos que tem como objetivo auxiliar o investidor brasileiro a gerir seu patrimônio financeiro a longo prazo. A Onze também oferece uma experiência digital simples e diferenciada para que o investidor consiga encontrar negócios com as melhores taxas.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre a Onze Investimentos.