Alugar roupa vale a pena? Spoiler: Nem sempre

Por admin

Além de festas como o Natal e o Ano Novo, o final do ano também é o momento de confraternizações, formaturas e outros eventos. Com tantos eventos importantes, pode surgir a dúvida: será que alugar roupa vale a pena?

Em tempos em que o dinheiro anda curto para a maioria da população, essa tem sido uma opção que tem ganhado a preferência de muitas pessoas em buscam economizar. Mas saiba que nem sempre alugar a roupa vale a pena. Siga a leitura para saber mais!

Alugar roupa sempre vale a pena?

O compartilhamento de roupas e outros recursos, como carros e bicicletas, é um comportamento das novas gerações, preocupadas em otimizar seus recursos financeiros. Mas não é só isso. A preservação do planeta também é considerada, já que sabemos que os recursos da Terra são finitos.

Assim, ao alugar, a maioria das pessoas pensa que está economizando e ao mesmo tempo ajudando a sustentabilidade do planeta. Com relação à preservação dos recursos terrestres, não temos dúvidas de que a economia compartilhada vale muito a pena.

No entanto, quando se trata de alugar roupas para economizar e garantir aquele dinheiro para investir em alguma renda fixa, nem sempre essa é uma verdade. O aluguel de roupas é frequente em festas como casamentos, formaturas e outras ocasiões especiais, sendo esta até uma tradição.

Mas, existem uma série de situações a serem avaliadas na hora de alugar, para que realmente isso represente uma economia. Essa conta deve ser feita na ponta do lápis, pois nem sempre alugar roupa vale a pena. Veja a seguir!

Quando alugar roupa vale a pena

Separamos para você o que avaliar para saber se alugar roupa vale a pena. Acompanhe!

Analise o tipo de festa

A primeira coisa que você deve avaliar é o tipo de festa, pois ela vai determinar o traje para o evento. Ele pode ser social completo, Black Tie, esporte fino, ou até mesmo esporte, no caso de um casamento na praia. Com o tipo de ocasião em mente, já é possível começar a se planejar e ver as opções disponíveis no seu armário.

Caso você não disponha de uma roupa adequada, é hora de fazer as pesquisas do valor do aluguel. A depender do preço do traje, e também do custo da sua manutenção (lavanderia, reparos, reposição de acessórios), vale a pena alugar, pois você se livra dessas despesas após o evento.

Você vai usar em outras oportunidades?

Outro fator que deve ser estudado é se você vai usar o traje em outras ocasiões. É comum as pessoas, não quererem repetir o traje mais de uma vez, pois a depender do tipo de evento, a roupa tem um estilo “marcante”, e pode ficar desinteressante repetir, como no caso de um vestido de madrinha de casamento, por exemplo.

Roupas de neve

Com os pacotes de viagens a preços mais populares para destinos onde tem neve, muitos brasileiros têm encarado o frio para esquiar ou mesmo pela experiência de ver a neve. Como o clima dessas regiões é bem diferente do Brasil, a opção de alugar roupas térmicas por lá pode ser uma boa alternativa para economizar, já que dificilmente esses trajes serão aproveitados no nosso país, que é tropical.

Analise sempre o seu bolso

O aluguel de roupas é uma boa decisão se você não tiver condições de comprar o traje. Isso porque, o aluguel sai mais barato do que a compra do item. Para aluguéis de trajes que já foram usados mais de duas vezes, o valor da locação sai a partir de 30 a 40% do valor da roupa. Mas atenção! É preciso estar atento ao estado de conservação do traje e sempre fazer uma prova antes do evento, para não ter surpresas desagradáveis.

Agora que você já sabe quais são as situações em que vale a pena alugar uma roupa, não descuide do seu bolso! Faça sempre pesquisa de preços e procure locais especializados para o seu atendimento. Além do aluguel, verifique se o local faz os ajustes necessários, fique atento à higienização das roupas antes de levá-las para casa e também se dedique a ler o contrato de locação.

Verifique as multas por atraso na entrega e se o contrato cobre pequenos reparos. Caso não, fique atento ao valor cobrado e negocie se for preciso, antes de assinar o documento.

Quando  não vale a pena alugar roupa

Veja os casos em que alugar a roupa não vale a pena.

Você vai usar o traje mais de uma vez

De maneira geral, as roupas alugadas custam até 40% do valor da peça. Então, se você pretende usar o traje mais de uma vez, comprar é uma boa opção.

Um terno pode ser usado em diversas ocasiões, trocando somente a gravata. O estilo também pode mudar de social para esporte fino, fazendo um jogo com outras peças. O mesmo vale para os vestidos. Hoje em dia já existem no mercado vestidos que podem ser usados de várias formas, e o jogo de peças e acessórios pode transformá-lo em um item totalmente diferente!

Você não tem espaço no armário para guardar

Pode parecer um detalhe bobo, mas só parece mesmo. Grande parte da população brasileira vive em apartamentos com espaços reduzidos, e se você não tem um lugar para armazenar o seu traje, provavelmente ele será guardado de forma indevida, todo amassado, o que pode comprometer, inclusive, o formato da indumentária.

Portanto, antes de comprar aquele traje maravilhoso e colocar o seu cartão de crédito na mão do vendedor, veja se você tem espaço para guarda-lo depois do evento.

Como vimos ao longo desta leitura, nem sempre alugar roupa vale a pena. Portanto, você precisa ficar atento para otimizar os seus recursos, inclusive, nesses momentos festivos. Essa economia garante que você tenha recursos para investir e conquistar a sua liberdade financeira!

Se você gostou deste post sobre alugar roupa vale a pena, acesse o site da Onze e confira outras dicas financeiras.