Como ir para a praia sem gastar muito

Por Redação Onze

como ir para praia sem gastar muito

Como ir para a praia sem gastar muito: passo a passo

Vamos ensiná-lo a como ir à praia sem gastar muito em 4 passos muito simples. Acompanhe.

Passo 1: Faça um planejamento

Ir à praia sem gastar muito exige planejamento. Quanto mais cedo você decidir o destino, mais ofertas vai ter em hospedagem, passagens baratas, tempo para planejar as compras que deve levar e juntar os amigos para dividir os custos.

Passo 2: Compre os acessórios para praia

Se você costuma ir à praia com frequência e aluga cadeiras, guarda-sol, barraca e outros acessórios, saiba que você já poderia estar economizando se tivesse os seus. Se não deu tempo para pegar as liquidações de inverno em lojas que vendam esses artigos, fique de olho nas promoções de final de ano.

Passo 3: Escolha o destino com cuidado

Cuidado com o local escolhido. Praias muito badaladas exigem um orçamento um pouco maior, já que os preços tendem a ser mais altos. Por outro lado, locais muito tranquilos podem exigir um gasto maior de combustível para se deslocar em busca de mercados, farmácias e outros estabelecimentos.

Passo 4: Leve sua própria comida

Em algumas praias, o preço dos produtos mais básicos – como água e picolés de frutas – podem ser supervalorizados. Por isso, levar a própria bebida e a própria comida para a praia pode garantir uma boa economia.

Gelo, isopor, água mineral, frutas e sanduíches com ingredientes leves são itens fáceis de providenciar e quebram um galho quando o assunto é economia.

Destinos baratos para ir à praia

No geral, o Brasil tem uma grande oferta de praias econômicas para as pessoas aproveitarem suas férias. De acordo com o Trivago, entre as praias mais baratas da temporada de 2019, estão:

  • Porto Seguro (BA);
  • Barra de São Miguel (AL);
  • Garopaba (SC);
  • Caraguatatuba (SP);
  • Canoa Quebrada (CE);
  • Vila Velha (ES).

Partindo do Rio de Janeiro

Quem é do Rio pode se surpreender ao cotar uma viagem para Búzios fora da temporada. O destino pode não ser barato em feriados e meses de férias, mas no resto do ano, é totalmente possível visitar o local gastando pouco.

No mais, quem deseja ir à praias cariocas sem gastar muito, pode optar por Ilha Grande ou Arraial do Cabo.

Partindo de São Paulo

Quem está em São Paulo tem uma grande vantagem: a malha aérea. Os aeroportos de SP podem ser considerados os principais do país e, por isso, há uma ampla oferta em passagens.

Isso permite que o morador ultrapasse os limites geográficos em busca dos destinos litorâneos mais baratos do país.

Para aqueles que querem continuar no estado, as praias do litoral sul podem ser aproveitadas com economia:

  • Guarujá;
  • Itanhaém;
  • Praia Grande;
  • Santos;
  • Ilha Comprida;
  • Iguape

Partindo de Belo Horizonte

Quem está em Belo Horizonte, pode aproveitar os mesmos destinos que o pessoal do Rio de Janeiro e Brasília, devido à sua localização.

Desde o litoral de Bahia, com a tradicional Porto Seguro, até o litoral sul paulista, toda essa extensão pode ser aproveitada por quem está na capital mineira.

Partindo de Brasília

Quem mora em Brasília pode ficar um tanto mais desanimado que os moradores de outra região, devido à localização da cidade. Localizada no coração do Brasil, não está tão perto assim do litoral. A boa notícia é que, devido a essa distância, há mais opções de destinos baratos.

Fazendo uma busca rápida no site da CVC, a gigante das operadoras de Turismo, Rio de Janeiro, Porto Seguro, Florianópolis e Porto de Galinhas são opções que podem ser tranquilamente consideradas. O pacote de hospedagem e transporte sai menos de R$700,00 por pessoa.

Mas para quem não tem medo de encarar algumas horas de estrada, Porto Seguro (BA) e Vitória (ES) são ótimas opções para ir à praia sem gastar muito.

Partindo de Porto Alegre

A localização privilegiada de Porto Alegre permite que o turista dê um pulinho nas praias de Santa Catarina ou fique pelo Rio Grande do Sul mesmo.

É possível encontrar opções para todos os bolsos, em toda extensão do litoral barriga verde. Mas para quem quer ir à praia sem gastar muito, preparamos uma seleção, de sul a norte:

  • Laguna;
  • Guarda do Embaú;
  • Florianópolis;
  • Itapema;
  • Navegantes;
  • Barra Velha;
  • Itapoá.

Para aqueles que não querem sair do estado, Torres, Tramandaí e Capão da Canoa são opções mais em conta.

Agora que você já descobriu que é possível ir à praia sem gastar muito, comece a planejar as próximas férias e divirta-se ao mesmo tempo em que economiza!

Convide seus amigos para essa aventura. Compartilhe nosso artigo nas redes sociais.