5 coisas que você precisa saber sobre previdência privada Bradesco

Por Redação Onze

previdência privada bradesco

Ter uma vida futura segura e estável é o objetivo de muitas pessoas e encontrar maneiras de viabilizar isso desde já é o caminho certo para alcançar essa meta. Planos de investimento costumam ser a opção mais interessante, já que representa uma possibilidade segura, rentável e sem muitas demandas para o investidor. Pensando nisso, preparamos aqui um resumo com o que você precisa saber sobre a previdência privada Bradesco, uma das mais conhecidas e procuradas pelos brasileiros.

Fundado em 1943 no interior de São Paulo, na cidade de Marília, o Bradesco é uma das mais maiores e mais conhecidas instituições financeiras do Brasil. Três anos após a sua criação, foi criada o Bradesco Seguros, que é atualmente a maior seguradora do país e um dos ramos mais fortes de todo o grupo Bradesco. Oferecendo seguros que vão desde objetos (como celulares e equipamentos) até de vida, a empresa tornou-se referência também na oferta da previdência privada Bradesco, que oferece planos variados e com pagamentos mensais para todos os bolsos.

Como todo investimento, fazer uma previdência privada requer análise e cautela. Você sabe quais os itens que precisa avaliar para poder tomar essa decisão com todo o cuidado que ela requer? Confira abaixo nossa lista de cinco coisas que você precisa saber antes de fazer uma previdência privada Bradesco e comece a entender melhor sobre essa opção!

Segurança

Como uma instituição conhecida e respeitada, o Bradesco costuma ser considerado seguro pela maior parte de seus clientes. Seus contratos garantem a proteção dos dados dos usuários, bem como a integridade do dinheiro que está sendo coletado e administrado por ela. No site Reclame Aqui, a nota de 7.2 indica uma classificação boa e com 100% de todas as reclamações respondidas, o que é um excelente indicador para medir a facilidade de comunicação com a empresa.

Investimento

O valor da parcela vai depender muito do plano escolhido e da sua renda mensal. Basicamente, o Bradesco oferece três grandes grupos de previdência privada: para você, para seus filhos e para sua família. A primeira categoria envolve um fundo de rendimentos para ser utilizado na velhice, enquanto o segundo remete a uma utilização dos filhos (para faculdade, por exemplo) e o último gira em torno da seguridade da família em geral em caso de falecimento da pessoa que fez o plano de previdência privada Bradesco.

Além disso, é possível escolher opções que podem representar vantagens fiscais na hora de fazer a declaração do imposto de renda. Quem faz a declaração pelo formulário completo pode escolher a modalidade VGBL, que permite essa dedução. Já o PGBL não oferece esse benefício, mas tem sua tributação restrita aos rendimentos e pode ser mais interessante para quem opta pelo simples ou é isento do pagamento de imposto de renda.

Taxas

Taxas administrativas e de carregamento são cobradas por praticamente todos os bancos e seguradoras que fazem planos de previdência privada e com o Bradesco Seguros isso não é diferente.

Cada modalidade tem taxas diferentes, já que envolvem diferentes ações da empresa diante de seu capital. Algumas modalidades oferecem ainda vantagens específicas; o plano SobMedida Previdência VGBL Prime e o SobMedida Previdência PGBL Prime, por exemplo, não cobram taxa de carregamento.

Por isso, é preciso sempre ler os tempos de contrato e entender quais as vantagens e contrapartidas que cada modalidade tem a oferecer para você.

Nesse caso, a dica é escolher a opção que acha mais adequada para seu perfil e, a partir disso, ir atrás de planos semelhantes em outros locais e fazer a comparação das taxas. Para que isso seja feito de maneira adequada, é preciso considerar ainda os lucros e os rendimentos que serão obtidos, pois somente essa avaliação mais completa pode resultar no valor real que a previdência privada Bradesco irá proporcionar ao seu contratante.

Lucros e rendimentos

A previdência privada é uma fonte de renda fixa, ou seja, o investimento rende por um tempo e é então revertido em pagamentos mensais para o cliente. Ou seja, é como se todo o dinheiro pago ao longo do tempo ficasse em uma poupança e o total obtido fosse dividido em “salários” mensais.

Para que a renda futura seja interessante, é preciso escolher o plano que tenha melhor rendimento para a quantia que você pode aplicar.

Existem opções com tributações menores, por exemplo. O rendimento pode variar de acordo com o plano, mas a maior diferença nos valores finais está ligada ao pagamento das taxas e a tributação escolhida.

Por isso é fundamental analisar bem todas as opções antes de escolher aquela que será a sua fonte de renda no futuro, obtendo o melhor resultado possível de seu plano previdenciário.

Saque antecipado e seguro

A retenção de dinheiro investido é proibida por lei no Brasil, o que significa que qualquer plano previdenciário privado pode ter seu montante resgatado. Esse saque, contudo, está sujeito à cobrança de taxas e isso pode ter um custo para o investidor. Se a sua intenção é avaliar depois de um tempo o plano ao qual aderiu e se você cogita retirar esse dinheiro antes do tempo previsto, pode ser interessante optar por uma modalidade que aborde essa possibilidade.

O Fundo de Aposentadoria Programada Individual (FAPI) do Bradesco, por exemplo, permite o saque a qualquer momento sem o pagamento de taxa de carregamento, o que pode ser muito interessante para quem está em dúvida ou quer fazer saques antecipados. Vale lembrar que os demais planos permitem saques com taxas e valores diferenciados e é preciso consultar cada um para ver as condições de resgate.

Investir em um plano de previdência privada Bradesco ou de outra seguradora é um passo importante e, por isso, a Onze oferece suporte especializado para você fazer todos os seus investimentos com sucesso e rentabilidade.

Consulte-nos e tenha sempre a certeza de estar fazendo o melhor negócio possível com seu dinheiro!