Cálculo da Selic: como funciona e como fazer

Por Redação Onze

O que é Selic

Selic significa Sistema Especial de Liquidação e Custódia. É um sistema utilizado pelo Banco Central para o processamento dos títulos públicos federais. 

Basicamente, o sistema Selic é responsável por registrar, guardar e liquidar os títulos da dívida pública, como os oferecidos pelo Tesouro Direto.

E o que é taxa Selic? É o resultado das operações realizadas no sistema Selic. É a taxa média ponderada e ajustada das negociações de títulos públicos apurada diariamente pelo sistema. 

Calma. Antes que você questione se isso não é papel do Comitê de Política Monetária (Copom), já vamos explicar. As reuniões do Copom, realizadas a cada 45 dias, definem a meta da taxa Selic (Selic Meta), e não a taxa Selic praticada pelo mercado (Selic Over).

Selic Meta

A Selic Meta, portanto, é estipulada pelos membros do Copom, que se reúnem oito vezes por ano para decidir se reduzem, aumentam ou mantêm a taxa com base em quatro fundamentos:

  • Inflação
  • Atividade econômica
  • Cenário externo
  • Contas públicas.

Quando os jornais informam que a taxa Selic subiu ou caiu, estão se referindo à Selic Meta, definida pelo conselho do Banco Central.

É usada, por exemplo, como um instrumento de controle da inflação e estímulo aos investimentos. Se a inflação sobe além da conta, o Copom aumenta a taxa Selic para desestimular o consumo.

Se a economia começa a patinar, o Copom reduz a taxa para baratear o custo do dinheiro e estimular investimentos no setor produtivo.

Selic Over

Podemos dizer que a Selic Over é uma taxa efetivamente praticada pelo mercado. É apurada pelo Sistema Selic com base nas operações ponderadas e ajustadas dos títulos públicos federais realizadas durante o dia.

São operações envolvendo principalmente bancos, que compram, vendem e usam títulos públicos como garantias (lastro) para empréstimos entre si.

Geralmente a Selic Over é ligeiramente menor que a Selic Meta. Veja aqui o histórico e compare. Para os investimentos de renda fixa atrelados à Selic, o rendimento segue a Selic Over.

Como é feito o cálculo da Selic nos investimentos

O cálculo da taxa Selic é feito pelo Sistema Especial de Liquidação e Custódia (o Sistema Selic) eletronicamente. 

A fórmula é complicada, mas não se preocupe. Não será necessário usá-la. O que você precisa calcular é o impacto da Selic sobre suas atividades cotidianas.

Por ser a taxa básica de juros da economia, vários investimentos estão diretamente ligados às variações da taxa Selic. Alguns deles são:

  1. Tesouro Selic: título público oferecido pelo Tesouro Direto, o Tesouro Selic acompanha a variação da taxa Selic. Portanto, se a taxa sobe, o título rende mais. Se cai, rende menos.

  2. Poupança: a caderneta de poupança também sofre impacto direto da taxa Selic. Quando a Selic está abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é 70% da taxa Selic.

  3. CDI: a taxa CDI é usada como referência para diversos investimentos em títulos privados, como CDB, LCI, LCA. Acontece que as taxas CDI e Selic andam juntas, logo qualquer variação na Selic leva o CDI junto.

Como calcular a taxa Selic acumulada

A taxa Selic geralmente é divulgada em percentual ao ano, mas você pode descobrir a taxa mensal e calcular a Selic acumulada.

A maneira mais fácil é através da Calculadora do Cidadão do Banco Central. Basta preencher as datas inicial, final e o valor a ser corrigido que o resultado é calculado imediatamente.

É possível fazer o cálculo também manualmente. Para descobrir o acumulado de um ano, por exemplo, basta somar as taxas mensais que você encontra no site da Receita Federal, como na tabela abaixo.

Mês/Ano20202019201820172016
Janeiro0,380,540,581,091,06
Fevereiro0,290,490,470,871,00
Março0,340,470,531,051,16
Abril0,280,520,520,791,06
Maio0,240,540,520,881,11
Junho0,470,520,811,16
Julho0,570,540,801,11
Agosto0,500,570,801,22
Setembro0,460,470,641,11
Outubro0,480,540,641,05
Novembro0,380,490,571,04
Dezembro0,370,490,541,12
Selic acumulada1,535,956,507,4013,65

Viu como é importante saber como funciona o cálculo da Selic para entender os impactos no seu dia a dia? 

Se você gostou do artigo, comente e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.