Como funciona a portabilidade da Brasilprev? Descubra aqui!

Por Redação Onze

portabilidade-Brasilprev

O que é portabilidade?

Primeiramente, você precisa saber o que é e como funciona uma portabilidade de previdência.

O termo portabilidade da previdência representa a possibilidade de trocar de banco ou empresa de investimento, sem perder os mesmos recursos e sem custo algum, na maioria dos casos.

Portanto, se você possui um valor acumulado do plano da previdência privada e deseja trocar de instituição financeira, então pode pedir a portabilidade e manter os mesmos fundos.

O que é Brasilprev?

O Banco do Brasil possui uma empresa criada para administrar as suas previdências privadas: a Brasilprev.

Os tipos de planos da previdência da Brasilprev são o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) e Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL).

Também é possível um plano Júnior (investimento realizado para os filhos) e o plano corporativo — destinado para empresas.

O que é portabilidade da Brasilprev?

Agora que você entendeu o que é portabilidade entre planos da previdência, então pode entender o que é e como funciona na Brasilprev.

Se você deseja fazer a portabilidade da Brasilprev, então o primeiro requisito é que os planos de origem e o de destino sejam do mesmo titular (nome e CPF).

Outra condição importante é que o plano deve ser mantido na portabilidade, ou seja, se o seu plano era PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), então ele continuará como PGBL.

Como fazer a portabilidade na Brasilprev?

Se você está seguro e deseja fazer a portabilidade e levar o seu plano de previdência privada para a Brasilprev, então precisa entender como funciona a tabela de tributação. São elas:

1. Portabilidade de entidades abertas na Brasilprev

Se sua portabilidade tiver origem de um plano comercializado por bancos, então a tabela de tributação não precisará ser igual, mas compatível. Entenda:

  • Plano de tributação “progressiva compensável” pode ser migrado para “progressiva compensável” ou “regressiva definitiva”.
  • Plano de tabela “regressiva definitiva” só pode ser migrado para outro da mesma tarifa.

Para que você entenda o que são esses tributos, clique aqui.

2. Portabilidade de entidades fechadas na Brasilprev

A portabilidade de entidades fechadas é realizada por fundos previdenciários de diferentes tipos de empresas.

Nesse tipo de portabilidade não existe a possibilidade de escolher uma tabela de tributação compatível, apenas para o plano com tabela Regressiva Definitiva.

Como funciona a rentabilidade dos planos da Brasilprev?

Como a maioria dos investimentos dos planos de previdência, cada fundo da Brasilprev possui um nível de risco e rentabilidades diferentes.

Existem três opções de fundos oferecidos pela Brasilprev. São ela     s:

  • Ciclos de vida: esse tipo de aplicação é destinado para quem deseja ajustes ao longo do tempo.
  • Multimercado: indicado para quem deseja maiores investimentos e sabe lidar com as variações do mercado financeiro. São quatro tipos de Multimercado: dinâmico, dividendos, multiestratégia e especial).

Quais as taxas de investimentos da Brasilprev?

A Brasilprev possui três tipos de taxas de investimentos nos seus planos de previdência. São eles:

  • Taxa de administração: pagamento para a empresa que realiza o trabalho de gestão dos fundos de investimentos dos seus clientes.
  • Taxa de carregamento: valor cobrado sobre cada contribuição realizada para o fundo.
  • Taxa de saída: porcentagem exigida quando você resgata o seu investimento.

Em 2018, a Brasilprev zerou as taxas de carregamento e de saída. Já a taxa de administração é cobrada entre 0,8% ao ano e 3% ao ano.

Planos da previdência aberta e fechada

Existem dois tipos de planos da previdência: aberta e fechada. Vamos contar um pouco sobre elas, adiante.

Planos da previdência privada

No Brasil, o plano de previdência privada pode ser buscado por qualquer cidadão por meio de um banco, seguradora ou instituição financeira. Ele poderá escolher o tipo de plano de interesse. São eles:

  • Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL): tipo de plano indicado para quem entrega a declaração completa do Imposto de Renda quando resgata o valor total do fundo de investimento.
  • Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL): possui a declaração do Imposto de Renda apenas sobre a rentabilidade acumulada, ou seja, não será sobre o total (valor inicial + rendimentos acumulados).

Planos da previdência fechada

O plano de previdência fechada é requisitado por uma empresa para oferecer apenas aos seus funcionários e colaboradores, por isso o nome “fechada”.

Ele é um ótimo benefício para os funcionários da empresa, já que essa      patrocina uma quantia proporcional sobre a contribuição do empregado.

Algumas empresas costumam investir 15%, 20%, 50% ou até mesmo a mesma quantia que o participante.

Fazer a portabilidade da Brasilprev vale a pena?

Diante do exposto, você ainda tem dúvida em fazer a portabilidade da Brasilprev? Então faça uma comparação das oportunidades que eles oferecem com o plano atual da empresa que você está descontente.

O ideal é analisar muito bem essas empresas e verificar se é vantajoso realizar a portabilidade ou você poderá perder dinheiro do seu investimento.

Quer oferecer a previdência privada como um benefício para os seus funcionários?

A Onze oferece diferentes tipos de planos de acordo com as necessidades da sua empresa.

Além disso, as empresas podem deduzir — um limite de 20% da folha da base tributável — se fizerem parte do regime de Tributação por Lucro Real e optarem por planos com “match”.

Acesse o nosso site e saiba quais são os planos inovadores e eficientes para sua empresa.