Realidade financeira: como construir um futuro melhor

Por admin

Realidade financeira

Conciliar estilo de vida com realidade financeira: esse é um dos principais desafios que as pessoas têm de enfrentar dia após dia.

Afinal, com tantas ofertas disponíveis, propagandas atrativas e pressão social, às vezes fica difícil resistir às tentações, e o orçamento é quem paga a conta.

Felizmente, é possível mudar sua realidade financeira para melhor. Neste artigo, mostraremos como. E já adiantamos que as razões estão diretamente relacionadas à definição de metas. Acompanhe!

O que é realidade financeira?

Viver dentro do orçamento é a definição mais simples de realidade financeira. Basicamente, quer dizer que você deve gastar menos do que recebe.

Esse é o cenário ideal. Mas essa realidade também pode ser negativa. Isso ocorre se você tem dívidas e termina o mês sempre no vermelho. Ou seja, o termo serve para caracterizar a sua condição econômica de momento ou em determinado período analisado.

Qual a sua realidade financeira?

Só existe uma maneira de identificar qual é a sua realidade financeira: colocar tudo na ponta do lápis e fazer uma análise completa do seu orçamento.

Se você consegue honrar seus compromissos, pagando-os em dia, faz sobrar um valor mensal para reserva de emergência e investimentos, e ainda tem dinheiro para consumir com lazer é sinal de que a sua condição econômica está sendo respeitada.

Outra maneira de fazer essa verificação é avaliando o seu grau de comprometimento de renda. Não há um consenso entre os especialistas, mas a maioria concorda que um orçamento equilibrado deve destinar, pelo menos, 10% a 20% dos recursos para poupança, compras ou investimentos, por exemplo.

Se você não se encaixa em nenhuma dessas duas situações, está na hora de rever os seus hábitos, pois muito provavelmente seu estilo de vida está acima da sua realidade financeira.

Realidade financeira x estilo de vida

Por falar nisso, é comum confundir estilo de vida com realidade financeira. Afinal, eles podem e devem andar juntos. No entanto, nem sempre é o que acontece.

Como vimos, realidade financeira é, basicamente, o seu orçamento, o dinheiro disponível que você tem para passar determinado período. Já o estilo de vida é a maneira como você decide usar a sua renda mensal.

Digamos que você esteja em um momento financeiro não muito bom. Ainda assim, resolve almoçar fora todos os dias, dar presentes caros e sair à noite aos finais de semana. Provavelmente o seu estilo de vida vai comprometer a sua realidade financeira, e as contas, mais cedo ou mais tarde, vão pesar muito no seu orçamento.

Como melhorar a realidade financeira

A boa notícia é que você pode melhorar a realidade financeira promovendo hábitos saudáveis. Confira algumas dicas que separamos para você:

Mude a sua relação com o dinheiro

O primeiro passo para melhorar a sua realidade financeira é mudar a maneira como você lida com o dinheiro. Procure estabelecer uma relação mais saudável com ele e o veja como um aliado, um facilitador de sonhos.

Para isso, você vai ter que desenvolver hábitos como: consumir com consciência, monitorar suas contas com mais frequência, honrar seus compromissos em dia para não pagar juros.

Fazendo isso, em algum tempo você deve notar que já será possível investir em descanso e lazer, entre outros.

Aprenda a economizar

Está diretamente relacionado ao tópico anterior: outro hábito de saúde financeira, que vai ajudar a melhorar a sua realidade econômica é o ato de poupar.

Pode parecer contraditório falar em economia quando se busca, justamente, aumentar o orçamento. No entanto, você não pode pensar só no hoje. é preciso ter um olhar no também no amanhã.

Além de ser uma demonstração de disciplina, a poupança mensal também é uma maneira de se proteger contra eventualidades, o que sempre acaba comprometendo a sua realidade financeira.

Defina metas financeiras

Mas, vamos admitir, poupar sem definir um propósito é mais complicado. Até controlar as compras por impulso fica mais difícil sem ter um objetivo em que se inspirar.

Por isso, a terceira dica para melhorar a sua realidade financeira é definir metas alcançáveis de curto, médio e longo prazo para favorecer a sua economia mensal. Pense nos sonhos que gostaria de realizar, como a compra da casa própria, aquela viagem com a família, ou um ano sabático. Coloque tudo em perspectiva e vá atrás disso de forma determinada.

Investir em um futuro melhor

Talvez você precise de ajuda profissional para mudar a sua realidade financeira atual pensando em ter um futuro melhor. Para isso, há no mercado empresas especializadas em prestar esse tipo de assessoria.

Na Onze, por exemplo, a primeira PrevTech do Brasil, há soluções personalizadas de acordo com a realidade do cliente. Existem produtos voltados tanto para as empresas quanto para os colaboradores.

Já pensou manter a sua realidade financeira mesmo depois de parar de trabalhar? Com um plano de previdência privada isso é possível. Você poupa um valor por mês e vê seu dinheiro rendendo para garantir a tranquilidade lá na frente.

Então entre em contato e comece a planejar agora mesmo o seu futuro. A nossa realidade financeira de amanhã somos nós quem criamos hoje.