Consultoria financeira familiar: o que é, como oferecer e porque ajudar o colaborador nas finanças beneficia a empresa

Por Redação Onze

Consultoria-financeira-familia

Lidar com as próprias finanças é uma tarefa inevitável, mas que causa desconforto e perturbação em boa parte dos brasileiros. Além da falta de conhecimento sobre o tema, a burocracia envolvida e a necessidade de tomar decisões estratégicas fazem com que muitas pessoas tenham dificuldade para manter a saúde financeira em dia.

É aí que entra a consultoria financeira familiar, um benefício que as empresas estão oferecendo com o objetivo de prover educação financeira a seus colaboradores. A razão é clara: o profissional com as finanças em dia é mais feliz e mais tranquilo, trabalha melhor, gera bons resultados e é mais engajado com a própria empresa.

Siga acompanhando o texto para saber mais sobre o que é e como funciona a consultoria financeira familiar, além de entender melhor as vantagens do benefício e descobrir como oferecê-lo a seus colaboradores!



O que é e importância da consultoria financeira familiar

A consultoria financeira familiar integra a categoria de benefícios financeiros que cada vez mais empresas vêm adotando para reverter o estresse financeiro – revelado em pesquisa da Onze como a principal preocupação do trabalhador brasileiro e de enorme impacto tanto na vida pessoal quanto no desempenho profissional.

Trata-se, portanto, de oferecer ao colaborador o auxílio de especialistas que avaliam sua condição financeira pessoal para criar soluções e sugestões estratégicas que irão melhorar essa mesma condição.

Para tanto, o consultor financeiro ajuda o colaborador da empresa a encontrar a melhor forma de resolver questões como:

  • Pagamento de despesas e impostos;
  • Incremento da própria renda;
  • Escolha e aquisição dos melhores investimentos;
  • Gestão de ativos e do patrimônio;
  • Planejamento da aposentadoria.

Por que investir na saúde financeira do colaborador?

As pesquisas realizadas durante a pandemia do Coronavírus evidenciam o quão complicado é, para os brasileiros em geral, manter a saúde financeira em dia. Uma delas, divulgada pela Exame, mostrou que 56% dos brasileiros têm dificuldade para guardar dinheiro e que 50% não sabem como organizar as próprias contas.

Já um levantamento de uma startup da Universidade Unicamp apontou que 86% dos brasileiros tiveram a vida financeira prejudicada durante a pandemia e que somente 8% acreditam estar administrando adequadamente o próprio dinheiro.

São informações que vão ao encontro dos dados obtidos na pesquisa da Onze “Saúde Financeira do Trabalhador”: 80% dos participantes viram a situação financeira pessoal piorar ou estagnar nos 12 meses anteriores e 67% tiveram o dinheiro como principal motivo de estresse no mesmo período.

Outra pesquisa da Onze – “O Estresse Financeiro do Trabalhador Brasileiro” – apontou que profissionais preocupados com finanças têm o dobro de chances de resolver pendências pessoais durante o dia e de perder o foco pensando em seus problemas. Eles também ficam mal-humorados e se desentendem com colegas com maior frequência.

Em suma, o estresse financeiro derruba a produtividade.

Como oferecer e gerenciar a consultoria financeira

A melhor forma de oferecer a consultoria financeira familiar aos colaboradores é contratando consultores financeiros realmente especializados no assunto e que darão total atenção à situação particular de cada colaborador, isto é: analisando suas condições, desejos e problemas de maneira individual e personalizada.

Não se trata, portanto, de disponibilizar vídeos educativos pré-gravados, manuais financeiros com dicas generalizadas ou mesmo cursos: uma consultoria financeira familiar realmente eficaz oferece um olhar atento às questões específicas de cada colaborador e desenvolve soluções diferentes para cada indivíduo.

Vantagens de oferecer a consultoria financeiro ao colaborador

A pesquisa da Onze “Tendências de Benefícios 2022”, realizada com mais de 1.800 empresas de 18 diferentes setores, mostra que as empresas que investem no bem-estar físico, intelectual e – principalmente – financeiro dos colaboradores são as que mais atraem e retêm talentos.

Não por acaso, os benefícios que mexem positivamente com o bolso do profissional ocupam as primeiras posições nos rankings de atração e retenção de talentos: além de ser o 7º benefício que mais retém talentos, a consultoria financeira é o 8º benefício que mais atrai.

Outros benefícios financeiros como plano de saúde, vale-alimentação e Previdência Privada Empresarial ocupam as primeiras posições em ambos os rankings. Ao oferecer tais benefícios, a empresa conquista:

  • Um ambiente de trabalho mais produtivo e engajado;
  • Colaboradores que são promotores e advogados da marca;
  • Uma alavanca para a atração e retenção de talentos.

Sobre a Onze

Falamos nesse texto sobre a importância de promover a educação financeira dos colaboradores por meio da consultoria financeira familiar – mas este não é o único benefício que sua empresa pode oferecer para melhorar a saúde financeira dos funcionários.

Um dos benefícios mais desejados por profissionais de todas as faixas salariais, especialmente os que recebem entre 6 e 10 salários mínimos, a Previdência Privada Empresarial é largamente usada nos Estados Unidos e vem sendo cada vez mais cobiçada por profissionais brasileiros que desejam ter tranquilidade financeira.

É também a maior especialidade da Onze, a primeira fintech a trazer uma solução de saúde financeira com acumulação de patrimônio por meio de uma previdência diferente e moderna.