Dia do profissional de RH: como ser um bom profissional do setor?

Por Redação Onze

dia do profissional de rh

Provavelmente você já ouviu falar de dias como o do professor, do médico e do advogado… São diversas as datas ao longo do ano usadas para reconhecer e exaltar a trajetória e a importância das profissões e, claro, de seus profissionais.

Se você é profissional de RH, saiba que existe um dia dedicado a você também. Afinal, é inegável a importância e contribuição que o departamento de Recursos Humanos possui dentro da estrutura das empresas – desde um processo de recrutamento até o desenvolvimento na gestão de pessoas.

Confira a seguir mais informações sobre a data, além de saber o que os torna tão estratégicos para as organizações e ter acesso a dicas de como ser um profissional de destaque, com alguns exemplos para você se inspirar.

Quando é o dia do profissional de RH e por que essa data foi escolhida?

O Dia do Profissional de RH é comemorado no dia 3 de junho. E essa é, inclusive, uma data perfeita para disseminar a importância da área de Recursos Humanos entre todas as outras e para estimular o engajamento entre as equipes que compõem esse time.

Mas por que essa data foi escolhida?

No dia 3 de junho de 1976 foi fundada, nos Estados Unidos, a World Federation of People Management Associations (WFPMA), conhecida no Brasil como Federação Mundial de Associações de Pessoas. Essa Federação representa mais de 660 mil profissionais de gestão ao redor do mundo e é responsável por estruturá-los globalmente e contribuir com diretrizes e orientações de atuação.

No mesmo ano, no Brasil, Genésio Lucone, fundador da Associação Paulista dos Administradores de Pessoal (APAP), reconheceu essa como a data oficial de celebrações aos profissionais de RH.

Mais tarde, a APAP se tornaria a ABRH-SP, Associação Brasileira de Recursos Humanos – São Paulo. E desde então, o setor tem passado por importantes evoluções, como no desenvolvimento de novas estratégias e tecnologias, como o RH 4.0.

Áreas de atuação do profissional de RH

Diante da necessidade das empresas de atrair e reter um número cada vez maior de talentos, o setor de Departamento Pessoal ampliou sua estrutura e exigiu que profissionais especializados ocupassem cadeiras antes inexistentes.

Hoje, as funções da área de RH são bem definidas, com responsabilidades específicas:

Analista de RH

Dentro da posição de analista, o time de RH conta com uma série de cargos. Entre elas estão os analistas de benefícios, que têm como função gerenciar o leque de opções que será oferecido aos colaboradores; o analista de cargos e salários, cujo objetivo é revisar e definir as políticas salariais das empresas, adequando-as ao mercado; e o analista de desenvolvimento humano, responsável por construir o plano de desenvolvimento individual do profissional e acompanhar sua trajetória.

Business Partner

O BP ocupa uma posição mais estratégica que os analistas de RH. É dever desse profissional intermediar ações entre gestores e colaboradores, garantindo que ambas as necessidades sejam atendidas.

Recrutador

Também conhecido como headhunter, esse profissional tem como principal objetivo atrair e selecionar talentos para o time.

Coordenador de RH

Cabe ao coordenador garantir que os processos e atividades da área funcionem corretamente. Ele acompanha o trabalho dos analistas e reporta as iniciativas para os gerentes.

Gerente de RH

Ao gerente é dada a missão de gerir o time e garantir que as melhores iniciativas e estratégias sejam aplicadas. O objetivo é garantir o bom relacionamento entre empresa e colaborador.

Como ser um bom profissional de RH?

O dia a dia de um profissional de RH – e de um time de Recursos Humanos como um todo –, envolve atividades que vão desde a definição e controle de fluxos e processos até o acompanhamento de pessoas.

Isso faz com que o setor ocupe uma posição cada vez mais estratégica dentro das empresas, tendo participação relevante nas diversas etapas que envolvem a rotina da companhia e de seus times.

Mas o que torna um profissional de RH bom?

Separamos algumas das principais características e dicas que são necessárias para que esse profissional desempenhe suas funções. Confira:

Seja comunicativo

Lidar com pessoas exige boa comunicação. Afinal, a todo momento você estará em contato com gestores e colaboradores, muitas vezes atuando como intermediador dessas relações.

Dica: não tenha medo de falar e de ser transparente em suas ideias, isso é fundamental para que elas sejam compreendidas.

Mantenha-se organizado

Durante toda a sua rotina de trabalho, você está lidando com informações importantes sobre a empresa e seu time, por isso, organização é fundamental. É através dela que você se mantém alinhado e eficiente com as necessidades da área.

Dica: adote gerenciadores de atividades para atuar nas tarefas dentro do prazo e manter um histórico de apoio.

Tenha paciência e autocontrole

Muitas vezes você é o porta-voz das empresas para os seus colaboradores. Isso exige de você não só a já dita boa comunicação, como também ouvido atento e autocontrole para administrar todas as informações recebidas e repassá-las.

Lembre-se da discrição

Frequentemente você irá lidar com informações confidenciais sobre a empresa e seu time. Neste caso, a famosa expressão “boca de siri” é totalmente aplicável ao setor. Certifique-se de que os dados tratados não sejam expostos e evite discuti-los fora do departamento.

3 profissionais de RH para você se inspirar

Agora que você está por dentro da história do Dia do Profissional de RH e o que torna esse profissional tão necessário, confira três especialistas do setor para acompanhar e se inspirar.

Sofia Esteves

Um dos principais nomes do setor, Sofia é fundadora de uma das maiores empresas de consultoria de RH do país e preside a Cia de Talentos. No LinkedIn, a psicóloga compartilha ainda desafios e novidades do mercado.

Francisco Carlos

Jornalista de formação, Francisco se especializou em Recursos Humanos e lançou o portal Mundo RH, hoje um dos principais de notícias sobre a área. Em suas redes, compartilha conteúdos variados, que vão desde dicas de gestão até tecnologias para o setor.

Laszlo Bock

Bock já esteve à frente da área de Operações de Pessoas do Google e hoje é CEO de uma startup focada na saúde de profissionais. Além de um livro publicado, ele usa seu perfil no LinkedIn para compartilhar dicas para quem trabalha no setor.



Sobre a Onze

Agregue ainda mais valor para o seu time com um pacote de benefícios especial. Conheça as soluções que a Onze oferece para levar saúde financeira para o colaborador e destacar a sua empresa no mercado.