Retenção de colaboradores: como fazer do jeito certo?

Por Redação Onze

Retenção de colaboradores

Mais do que atrair profissionais de alta performance, a maioria das organizações está preocupada em como mantê-los no quadro funcional. Como conquistar o perfil ideal para suas necessidades não é uma tarefa fácil, reter funcionários antigos com bom desempenho deve ser uma das prioridades de qualquer empresa.

É neste cenário desafiador que a retenção de colaboradores se torna tão importante no mundo corporativo. Mas, será que todos entendem como ela funciona e sabem aplicá-la do jeito certo?

Neste texto, vamos esclarecer algumas dúvidas que giram em torno do assunto, e dar dicas para gestores que desejam reduzir o turnover em suas instituições.

O que é retenção de colaboradores?

Primeiramente, vale explicar que talentos são todos aqueles profissionais que possuem desempenho acima da média, e reúnem competências e habilidades que fazem dele o funcionário ideal para a empresa. Segundo estudo da McKinsey, um talento pode ser até oito vezes mais produtivo do que uma pessoa com desempenho médio.

Mas, afinal, o que leva um talento a deixar o local onde ele trabalha? Imaginar que boa parte da motivação seja o salário é um dos maiores erros da área de recursos humanos. As razões podem ser variadas, e vão da incompatibilidade com a cultura organizacional à insatisfação com os benefícios corporativos oferecidos.

Sendo assim, é primordial que as empresas não apenas façam um bom trabalho com foco na atração de talentos, mas também saibam como retê-los. Portanto, podemos afirmar que a retenção de talentos é um conjunto de ações e políticas desenvolvidas com a finalidade de manter funcionários com bom desempenho.

Vantagens de reter os colaboradores da sua empresa

Toda empresa é feita de pessoas, afinal de contas, a soma de suas habilidades e competências formam um dos patrimônios mais valiosos do mundo corporativo: o capital humano. Mesmo que exista a premissa de que as pessoas são substituíveis, a empresa ganha muito quando consegue reter seus colaboradores.

Entre as principais vantagens do trabalho de retenção, podemos citar que ações neste sentido ajudam a controlar a taxa de rotatividade. Hoje, os altos índices de turnover são uma das maiores preocupações das instituições, porque também geram custos desnecessários para encontrar, contratar e treinar outros talentos.

Além de evitar prejuízos, uma companhia com baixo turnover também consegue criar um ambiente agradável e colaborativo, estimular o engajamento e a produtividade, e ainda aumentar sua competitividade no mercado.

Como melhorar a retenção de colaboradores?

Antes de falarmos sobre as melhores formas de reter colaboradores, é preciso reforçar que as razões pelas quais muitos saem de uma empresa vão além da insatisfação com seus salários. Nisto entra o papel do RH, que precisa identificar e entender as motivações do funcionário, para assim desenvolver estratégias para aproximá-las da cultura e dos propósitos da organização, um elemento fundamental para a retenção.

Compreender bem a cultura organizacional e promovê-la também deve ser uma atividade contínua da área de recursos humanos. São os valores da empresa, bem como sua missão e visão que devem nortear o trabalho dos colaboradores, e consequentemente estimular o engajamento deles. Portanto, a filosofia da companhia não pode ser apenas um documento que não possui conexão com a realidade dos funcionários.

Por fim, embora seja importante humanizar as ações de retenção, o RH também deve investir no uso de ferramentas tecnológicas para melhorar sua relação com os colaboradores. Hoje existem pesquisas de clima e treinamentos, por exemplo, que podem ser aplicados com o uso de plataformas próprias desenvolvidas especificamente para isto.

O que as empresas estão fazendo para reter colaboradores?

Várias empresas já entenderam a importância da retenção de colaboradores. Afinal, entre conquistar novos talentos e manter aqueles que já estão na empresa, a segunda opção sai mais barato. Por isto, o mercado possui diversas iniciativas positivas que valem como inspiração para empresas e gestores, que desejam diminuir o índice de turnover.

Entre as boas práticas, podemos destacar:

    • O apoio da Dell à diversidade e inclusão, no qual ela incentiva o debate de temas importantes como tolerância, orientação sexual, inclusão de pessoas com deficiência, desenvolvimento das mulheres e desafios da geração Y.
    • A empresa Airbnb, por sua vez, investe na oferta de um ambiente descontraído e moderno, que possa estimular o engajamento e a criatividade dos colaboradores.

Na prática essas ações contribuem para retenção do funcionário, que se sente valorizado pela empresa, e pensará duas vezes antes de deixá-la.

A importância dos benefícios para retenção de colaboradores

Os benefícios empresariais são indispensáveis para atrair novos talentos, mas também são cruciais para mantê-los. Hoje em dia, várias empresas já oferecem plano de saúde, vale refeição e vale transporte, que por si só são atrativos. Mas, muitas já estão saindo do óbvio, investindo em benefícios maiores como a saúde financeira e mental, por exemplo.

De acordo com pesquisa da Sodexo, companhias que se preocupam com a qualidade vida são até 76% mais atraentes para os profissionais. Como o estresse financeiro é um dos problemas que afetam a produtividade de um funcionário, ambos saem ganhando quando a empresa se preocupa em ajudá-lo a organizar suas finanças.

Sobre a Onze

Para quem busca se diferenciar no mercado com pacotes cada vez mais atrativos, a Onze surge como ótima alternativa. A gestora de investimentos oferece soluções para saúde financeira como previdência privada corporativa, um benefício que nem todas as empresas possuem, e pode fazer toda diferença na hora de atrair e reter talentos.