Desenvolvimento de liderança: O que é e para que serve?

Por Redação Onze

Desenvolvimento de liderança

Você sabe como o desenvolvimento de liderança pode ajudar a reter funcionários e a diminuir os custos com turnover na sua empresa?

Toda empresa depende de dois pilares básicos para sua sobrevivência: estratégia e liderança. O equilíbrio entre ambas as forças é fundamental para o sucesso do negócio. Mas, de nada adianta ter uma boa estratégia, sem ter bons líderes para executá-la.

Para suprir essa demanda – que tem crescido com a falta de profissionais prontos para o cargo de gestão – o desenvolvimento de liderança é imprescindível nos dias atuais. Além de ajudar as organizações a formar novos líderes de acordo com suas necessidades, a iniciativa traz vários benefícios como a retenção de talentos, por exemplo.

Neste artigo vamos falar sobre a importância de desenvolver novas lideranças, e explorar um pouco mais sobre suas vantagens e benefícios. Continue conosco e confira.

O que é desenvolvimento de liderança?

Primeiramente, vale ressaltar, que um bom líder não é aquele que sabe delegar tarefas, mas sim quem consegue integrar toda sua equipe, coordenando as atividades com precisão, e incentivando a produtividade. Sendo assim, o desenvolvimento de liderança é um conjunto de ações que visa capacitar profissionais e aperfeiçoar suas competências técnicas e comportamentais, para que ele possa desempenhar o papel de líder.

Atualmente, ter bons gestores é um dos maiores desafios para as organizações. Segundo pesquisa da consultoria Robert Half, em parceria com a Fundação Dom Cabral, 54% dos executivos brasileiros não estão plenamente confiantes com suas lideranças.

Diante de uma grande escassez de profissionais habilitados para gestão, a solução é investir no capital humano. Não apenas de novos funcionários, mas também de quem já trabalha na empresa.

E é aí que entra o planejamento de sucessão. A estratégia tem como propósito aproveitar os próprios funcionários antigos da empresa, e transformá-los em gestores capazes de ocupar cargos estratégicos, quando eles ficarem vagos. É uma iniciativa que demonstra valorização e ainda ajuda a controlar o índice de turnover.

Por que investir na formação de novos líderes?

Formar novos líderes garante uma série de benefícios e vantagens para empresa. Entre eles podemos destacar o engajamento dos colaboradores, que ficam mais empenhados em colaborar com os propósitos da organização, gerando maior produtividade e resultados.

Vale destacar ainda que o desenvolvimento de liderança também é muito eficaz para a retenção de talentos. Geralmente, para a área de recursos humanos contratar um novo funcionário no modo convencional ela tem alguns custos. Só para exemplificar, ocupar uma vaga com salário de R$ 2.000,00, pode custar para empresa cerca de R$ 2.400,00, conforme estudo feito pela plataforma de recrutamento Reachr.

Valorizar o capital humano com estratégias para o desenvolvimento de liderança, somadas com outras ações internas como a oferta de benefícios empresariais, pode aumentar a satisfação do colaborador com a empresa. Com isto, ela consegue reter seus funcionários e controlar o índice de rotatividade.

Como investir no desenvolvimento de liderança?

Para formar novos líderes, muitas empresas investem em programas de desenvolvimento de liderança, que envolvem cursos e treinamentos voltados para os próprios colaboradores que já fazem parte da companhia. É uma estratégia que ajuda no engajamento e na retenção de talentos, porque motiva a sonhar com o cargo de gestão no futuro.

De acordo com estudo elaborado pela EF Education First, as empresas que investem nos seus colaboradores têm 74% mais engajamento.

No entanto, é importante ressaltar que o desenvolvimento de liderança precisa caminhar junto ao plano de carreira, porque ambos são complementares e não diferem um do outro. Os funcionários, especialmente aqueles mais antigos, precisam sentir que têm chances de crescimento na empresa, e ao mesmo tempo ver isto acontecer de maneira gradual.

Quais os cuidados básicos no desenvolvimento de liderança?

As ações devem ser planejadas, contínuas e devem fazer sentido para o profissional também no presente. O incentivo pode ser muito frágil quando ele fica isolado apenas no futuro, sobretudo quando se trata de funcionários antigos.

Investir em novos líderes também é capacitá-los a resolver problemas atuais, inclusive os pessoais como as finanças, já que o estresse financeiro é um dos fatores que prejudicam sua produtividade.

Para manter o foco nos resultados, estimular o desenvolvimento de novos líderes de forma eficaz, reter talentos, e diminuir o custos com turnover é preciso também investir na saúde financeira dos colaboradores. Hoje, já existem soluções para ajudar os funcionários a organizar suas finanças e a terem menos preocupações com o futuro, como é o caso da previdência corporativa da Onze, que é flexível e tem fácil implementação. Com a vida financeira organizada, ganha o funcionário e ganha a empresa.

Sobre a Onze

A Onze cria soluções para que as empresas cuidem da Saúde Financeira de seus funcionários. Por meio da Previdência Privada Corporativa, você dá aos colaboradores tranquilidade para trabalhar melhor e a certeza de que terão um futuro garantido. Com isso, a Onze ajuda sua empresa a elaborar um plano de carreira para seus funcionários.