Talent brand: o que é e por que sua empresa deve se preocupar com esse tema

Por Redação Onze

Talent brand

Você já parou para pensar se os seus colaboradores e os demais profissionais do mercado enxergam a sua empresa da mesma maneira que você – ou do jeito que você gostaria que eles enxergassem?

Não é difícil obter essa resposta hoje. Basta navegar por sites como LinkedIn e Glassdoor, em que as reputações das empresas estão escancaradas.

Ter uma imagem sólida e atraente é o desejo de todas as organizações. Porém, muitas vezes essa ambição se perde no campo dos desejos ou através de ações inconsistentes ou pouco convincentes. É por isso que o desenvolvimento de propostas de valor, como o EVP, se faz cada vez mais necessário e valioso. Mas não para por aí: mais que formalizar e compartilhar visões e valores, é preciso que eles sejam, de fato, executados e, principalmente: que sejam reconhecidos pelos profissionais.

Esse reconhecimento está manifestado através do talent brand, um conceito muitas vezes esquecido dentro das empresas. Neste artigo, você aprende mais sobre o que ele significa e o seu papel na sobrevivência do seu negócio.

O que é talent brand?

Você já desejou fortemente pertencer a uma empresa após ler relatos dos colaboradores nas redes sociais ou depois de ter sido atendido com excelência por um gentil e qualificado funcionário? Essa é a essência do talent brand.

Diferentemente do employer branding, em que a imagem da empresa é definida por ela mesma através de ações; o talent brand é uma versão social, em que os próprios colaboradores entregam ao público, através de sentimentos compartilhados, uma imagem sobre como é trabalhar em uma determinada empresa

No livro The Talent Brand, a autora Jody Ordioni define o conceito como “o cumprimento de uma promessa do employer experience”, o que significa que quando a empresa executa ações de endomarketing alinhadas com seu employee value proposition, o resultado é uma manifestação orgânica da essência da empresa.

Mas lembre-se: o talent brand não é como você gostaria que seu público enxergasse a sua empresa, mas sim como ela de fato é. Nesse universo, a honestidade é o pilar que sustenta as relações. Por isso, é fundamental que esse ideal esteja integrado à realidade do seu negócio.

Por que você deve se preocupar com o talent brand?

Embora os times de Marketing e Recursos Humanos trabalhem fortemente na construção de uma imagem atraente para o mercado, é o feedback do próprio colaborador que tem maior peso na etapa de consideração dos candidatos.

Nos dias de hoje, fazer parte de uma empresa que causa impacto social, que está alinhada às expectativas e que valoriza seu quadro de funcionários tem se tornado cada vez mais relevante entre os profissionais.

Porém, em vez de avaliar esses pontos a partir do modo como a empresa se comunica com seus colaboradores, essa varredura é feita socialmente. E é por isso que você deve considerar o talent brand como um grande porta-voz da realidade da sua empresa, amplificando seus defeitos e qualidades.

Em um levantamento conduzido pelo LinkedIn e apresentado no documento Employer Brand Playbook, a rede social afirma que com o talent brand é possível reduzir em até 50% os custos com contratação e em 28% a rotatividade de funcionários.

Diante desse cenário, você pode até pensar que não há alternativa a não ser torcer para que seu colaborador dissemine uma imagem positiva sobre o seu negócio, mas não é bem assim. A maneira como ele enxerga a marca depende, em grande parte, de como você transmite os valores e a identidade da empresa para ele.

Como fazer do talent brand um aliado para o seu negócio

O talent brand precisa crescer organicamente em sua empresa. Ele deve ser considerado uma estratégia para atração e retenção de colaboradores. E para que isso aconteça, suas ações de endomarketing devem estar definidas e consolidadas.

Quando você estabelece uma relação verdadeira com o seu colaborador, ambos impulsionam o negócio juntos e positivamente. Se você assume ser defensor de uma causa, por exemplo, esse cuidado deve estar refletido em ações recorrentes de apoio. Para o colaborador, isso não deve ser apenas discurso, mas sim ação. Quando você entrega aquilo que oferece, a sua equipe automaticamente cuidará da disseminação.

Além de temas sociais, iniciativas singelas do dia a dia também agregam valor a esse processo. É o caso de celebrações de datas comemorativas, de incentivos e reconhecimentos, de feedbacks recorrentes e planos de incentivo ao desenvolvimento de carreira. Isso sem falar no pacote de benefícios.

Uma das primeiras informações que um potencial candidato busca sobre uma empresa é a oferta de benefícios que ele possui. Um salário competitivo e compatível com as atividades, assim como benefícios que demonstram preocupação com o bem-estar e desenvolvimento dentro da empresa, fazem os olhos do candidato brilhar.

Empresas que são referência em talent brand

O site Glassdoor apresentou um ranking com os melhores lugares para se trabalhar em 2020. O levantamento foi baseado em avaliações de funcionários e ex-funcionários, considerando pontos como ambiente, oportunidades, cultura, remuneração e benefícios. Confira quais foram as três primeiras colocadas:

SAP

Na cultura da empresa, a diversidade é levada a sério. Para isso, uma liderança global forma uma espécie de comitê de Diversidade & Inclusão, que discute pautas dedicadas às minorias.

Já entre os benefícios, a empresa possui um programa gratuito de assistência à família que oferece apoio financeiro, jurídico e psicológico, além de licenças estendidas, previdência complementar e planos de desenvolvimento de carreira. Mais de 90% dos profissionais que avaliaram a companhia a recomendam para um amigo.

Thoughtworks

A companhia já ocupou a primeira posição por dois anos consecutivos e frequentemente é destaque em pautas corporativas. É a cultura e a diversidade que mantêm a Thoughtworks como queridinha.

Entre as iniciativas, um programa para recrutar mais profissionais negros e o apoio ao tratamento hormonal de colaboradores transexuais. O tema salarial também passou por revisão, conduzido por colaboradores de diferentes áreas.

Google

“Bons benefícios e salário, pessoas engajadas e compreensivas, oportunidades de crescimento pessoal e profissional”. Uma das avaliações recebidas pela empresa de tecnologia na plataforma resume o motivo da companhia estar frequentemente entre as mais desejadas para se trabalhar.

Além de salários competitivos e bons benefícios corporativos, o ambiente organizacional e as possibilidades de crescimento envolvem os colaboradores.

Sobre a Onze

A saúde financeira é um ponto de atenção crescente entre os profissionais e motivo de consideração em oportunidades de emprego. A Onze é uma fintech com foco em oferecer saúde financeira para esse público através de previdência privada e um serviço de diagnóstico e aconselhamento. Que tal levar mais liberdade e controle para o seu time?