Comunicação empresarial: entenda porque o sucesso do seu negócio depende dela

Por Redação Onze

comunicacao-empresarial

Não importa se o que você oferece no mercado são computadores, seguros para automóveis ou aplicativos de celular: se quiser ter sucesso, precisa estabelecer uma comunicação eficaz com o seu público-alvo. Mas, ao contrário do que alguns podem imaginar, não é só com o público externo que sua empresa precisa se comunicar bem.

Para serem eficientes e engajados com a sua marca, seus colaboradores precisam sentir-se acolhidos e satisfeitos no local onde trabalham. Precisam saber qual é o papel deles dentro da organização. E para tanto, devem sempre estar bem informados sobre os rumos, as expectativas e o dia a dia da empresa sem que haja atritos e desencontros na comunicação.

É por isso que, internamente, a informação deve sempre fluir de maneira ordenada – e é exatamente isso que uma boa comunicação empresarial assegura.



Fundamental para os negócios

Estabelecer uma comunicação empresarial eficiente é indispensável para o sucesso do seu negócio: trata-se de um conjunto de práticas e processos que a organização utiliza para que as informações sejam transmitidas internamente com ordem, clareza e fluidez. A comunicação é a ponte que liga os proprietários, os gestores e os colaboradores.

A comunicação empresarial é fundamental porque tem reflexos diretos na eficiência geral da empresa e na qualidade do serviço prestado. Ela tem papel central na gestão das pessoas que trabalham para você e, quando é bem conduzida, gera benefícios que impactam positivamente na produtividade, na motivação e na convivência dos colaboradores.

Se, por outro lado, for mal planejada e executada ou mesmo ignorada, esta deficiente comunicação empresarial (ou a falta dela) tende a resultar em expectativas frustradas, profissionais desmotivados e uma alta rotatividade de colaboradores. Sem a comunicação adequada, eles perdem o senso de propósito, o engajamento no trabalho e a própria lealdade.

Segundo um levantamento da MetLife Seguros, uma das maiores fornecedoras de benefícios corporativos do mundo, ter um ambiente de trabalho construtivo é um dos três fatores decisivos que o profissional leva em conta na hora de decidir onde vai trabalhar. Você pode até perder seus melhores colaboradores para as empresas que sabem como reter talentos – inclusive por se comunicarem melhor com eles.

O papel do RH na comunicação empresarial

Dentro das organizações, o setor de Recursos Humanos é responsável não somente por selecionar os melhores colaboradores como também por desenvolvê-los e motivá-los a alcançar os objetivos traçados pela empresa. O RH tem como uma das principais metas auxiliar na gestão das pessoas que trabalham na organização – e entre os sete pilares da gestão de pessoas está, justamente, a comunicação.

Não é à toa que a atuação do setor de Recursos Humanos está intimamente ligada à comunicação empresarial: o RH é um canal de comunicação essencial para os colaboradores, um local onde eles podem tirar dúvidas, solicitar mudanças e que os auxilia a resolverem questões relacionadas a seus salários e benefícios corporativos.

Em contrapartida, o RH também depende da comunicação empresarial para realizar seu trabalho diário. A comunicação é parte integrante de praticamente todas as atividades que o RH promove, como o onboarding de novos funcionários, a integração dos colaboradores, os treinamentos, o gerenciamento de crises e conflitos e a divulgação de campanhas internas, pesquisas e regras de conduta.

Com sua atuação totalmente vinculada à comunicação e à gestão de pessoas, o setor de RH precisa estar completamente envolvido com o planejamento estratégico da comunicação empresarial e guiar suas operações de acordo com as diretrizes que foram determinadas.

Maiores desafios da comunicação empresarial

A grande meta da comunicação empresarial é alinhar a atuação das pessoas que integram uma organização aos objetivos estratégicos da mesma. A comunicação não pode ser resumida à divulgação de oportunidades e de informações institucionais: ela precisa dar a cada colaborador a percepção de que sabe o que está acontecendo, o que a empresa espera do seu trabalho e até onde ele pode chegar na organização.

O maior obstáculo para uma comunicação empresarial efetiva é criar processos bem definidos e que deixem cristalinos os papéis de cada pessoa dentro da empresa. Conhecer as particularidades da própria organização é fundamental, já que existem diferentes modelos de gestão que se adequam a diferentes tipos de companhias.

Além desta análise interna, para definir os processos da comunicação empresarial é necessário seguir mais alguns passos – confira as dicas do coach, consultor e mentor Tiago Galindo, especialista em Gestão de Pessoas:

– Alinhe as expectativas com o colaborador no momento da contratação: como será a rotina de trabalho? Em quais processos ele terá que se envolver? Existem metas ou prêmios relacionados ao seu serviço?

– Defina como será o cotidiano do colaborador: qual é o prazo para ele entregar o trabalho? Quando ocorrem as reuniões de planejamento? Alguém lhe dará feedback?

– Faça do feedback uma via de mão dupla: se você quer manter a sintonia entre empresa e colaborador, precisa dar ao funcionário a chance de expressar seus desejos e expectativas – e não fazê-lo somente ouvir.

– Utilize as ferramentas adequadas: as ferramentas tecnológicas representam um complemento à estratégia de comunicação da empresa – e não a concepção principal. É preciso identificar quando e em quais casos cada ferramenta de comunicação (E-mail, WhatsApp, Videoconferência, etc) é a mais apropriada.

Vantagens da comunicação empresarial

Se o seu negócio possui uma comunicação empresarial efetiva, você tem grandes chances de fazer uma ótima gestão de pessoas. Quando bem feita, a comunicação empresarial garante aos colaboradores acesso fácil às informações de que precisam para trabalharem tranquilos e dedicados e ainda facilita muito a colaboração entre as equipes.

Segundo a McKinsey & Company, líder mundial em consultoria empresarial, há um aumento de 20% a 25% na produtividade quando as organizações conseguem manter seus colaboradores conectados e em constante diálogo. Elas adotam uma cultura de diálogo aberto com o uso de tecnologias que facilitam a integração entre as pessoas – redes sociais corporativas, softwares colaborativos, aplicativos de mensagens, etc.

Tudo isso gera um processo de ação muito bem definido, onde todos caminham na mesma direção. Sem uma comunicação corporativa apropriada, cada colaborador acaba fazendo as coisas do seu próprio jeito.

Estratégias de comunicação interna como o employer branding e o endomarketing precisam ser concebidas no planejamento estratégico da comunicação corporativa desde o princípio. O employer branding, por exemplo, fortalece a reputação da sua empresa como um bom lugar para trabalhar com o intuito de atrair e reter os melhores talentos – e como fazer isso sem uma boa comunicação?

O mesmo vale para o endomarketing, que trata seus colaboradores como clientes internos fundamentais para motivá-los e engajá-los, tornando-os defensores do seu negócio. E isso também é alcançado por meio de um conjunto de estratégias de comunicação.

Confira as 5 principais vantagens da comunicação empresarial:

1.Facilita a gestão e a integração das pessoas;

2.Melhora o ambiente de trabalho;

3.Aumenta a produtividade dos colaboradores;

4.Melhora o serviço prestado pela empresa;

5.Atrai e retêm os melhores talentos profissionais.

Medindo a comunicação empresarial

As pesquisas de clima organizacional são ótimas ferramentas para medir a satisfação e o nível de engajamento de seus colaboradores – e que refletem o grau de eficiência da comunicação empresarial.

Assim como aplicam pesquisas com a métrica NPS (Net Promoter Score) para avaliar a satisfação dos clientes, as empresas usam a mesma lógica para medir o nível de engajamento dos colaboradores pelo E-NPS (Employee Net Promoter Score).

A ideia do E-NPS é que o setor de RH aplique, a cada trimestre ou semestre, perguntas simples e objetivas para que os funcionários (protegidos pela condição de anonimato) possam conferir notas de 0 a 10 sobre o cotidiano e as atividades da organização. A partir das respostas e da média das notas, a empresa pode mensurar a satisfação e o nível de engajamento da equipe de colaboradores.

Existem ainda outras maneiras para avaliar o nível de eficiência da comunicação empresarial – e todas passam por ações estratégicas do setor de RH. Uma das possibilidades de métricas é medir o Open Rate de Comunicados emitidos pelo RH – ou seja, o número de e-mails do RH que foram de fato abertos pelos funcionários. Um Open Rate baixo indica que a comunicação empresarial pode estar com deficiências.

Outra alternativa que oferece boas pistas do nível de alcance da sua comunicação empresarial é medir a adesão dos funcionários aos programas, às oportunidades e aos eventos que a empresa promove internamente – mesmo que sejam atrativos, eles podem estar sendo comunicados e divulgados de maneira equivocada se a comunicação empresarial não segue uma estratégia eficiente e bem planejada.

Exemplos de ações de comunicação empresarial

Mesmo que você atue em um segmento distinto, sempre é possível tirar lições de exemplos bem-sucedidos de ações de comunicação empresarial.

Já pensou, por exemplo, em criar sua própria rede social? Foi o que fez a loja online de comércio eletrônico BestBuy com a Blue Shirt Nation, rede social interna onde os funcionários passaram a trocar informações, ideias e dicas – mudando drasticamente o ambiente de trabalho.

Como resultado da criação da rede social, a BestBuy, que enfrentava uma elevada taxa de rotatividade de funcionários, reduziu essa rotatividade e aumentou os níveis de satisfação, engajamento e produtividade no quadro de colaboradores. A principal razão é que a rede social interna promoveu uma comunicação menos rígida e hierarquizada entre os funcionários e lhes deu motivação para aumentar o envolvimento com a marca.

Já a italiana FIAT, uma das maiores fabricantes de carros do mundo, é modelo de comunicação empresarial. A marca tem como lema tratar seus clientes internos com o mesmo respeito e atenção oferecidos ao cliente final – o que inclui permitir que os colaboradores façam o test-drive de modelos que ainda não foram lançados e oferecer um canal de comunicação direto entre os funcionários e os gestores da empresa.

  • Magazine Luiza que promove um ambiente colaborativo com frequentes programas motivacionais e treinamentos;
  • Toyota que busca fixar em cada novo colaborador a cultura e os valores da empresa com diversas oportunidades e treinamentos;
  • Coca-Cola, sempre com ações para inserir seus funcionários nos grandes eventos esportivos que patrocina.



Impacto da preocupação com o financeiro na comunicação empresarial

Divulgada recentemente pela Onze Investimentos, a pesquisa “Estresse Financeiro dos Brasileiros” mostrou que o dinheiro é a principal fonte de preocupação dos trabalhadores brasileiros com emprego formal – um estresse que resulta em redução na produtividade, aumento nos índices de abstenção e ainda promove conflitos de relacionamento dentro das organizações.

A preocupação financeira também aumenta a rotatividade de funcionários, os custos com demissões e os gastos com recrutamento e treinamento de novos colaboradores. Aliada a um pacote de benefícios atrativo – como a Previdência Privada Corporativa, um dos benefícios mais desejados pelos profissionais talentosos segundo a pesquisa “Tendências em Benefícios Corporativos para 2021” –, uma comunicação empresarial eficaz promove um ambiente de trabalho positivo e assegura a retenção de talentos.

Mais uma vez, o setor de RH é indispensável para medir o sucesso da comunicação empresarial. Além de registrar indicadores claros como o índice de rotatividade de funcionários e a quantidade de pedidos de demissão, o RH pode fornecer outras avaliações por meio de pesquisas internas de satisfação, medições do nível de estresse ocupacional e acompanhamento dos indicadores de produtividade.

Sobre a Onze

A Onze é a primeira Fintech focada em previdência empresarial e saúde financeira para os colaboradores, uma solução que você pode implementar na sua empresa de forma fácil e sem qualquer custo operacional. Com o apoio da Onze, seu negócio irá atrair e reter os melhores talentos profissionais – e sua comunicação empresarial dará um enorme salto em eficiência e credibilidade.