Funcionários precisam de previdência?

Por Redação Onze

prev

Com a reforma da previdência muitas pessoas passaram a prestar mais atenção na própria aposentadoria, buscando alternativas para complementar a renda.

A previdência privada é uma das alternativas mais indicadas para quem quer planejar por conta própria a sua aposentadoria. Saiba mais aqui!

Previdência Privada Corporativa x Previdência Social

Previdência  Social

A Previdência Social é mais conhecida pelos brasileiros. Ela é descontada mensalmente de todos os trabalhadores contratados sob o regime CLT, sendo obrigatória nesses casos. A contribuição é feita de acordo com o salário do funcionário.

É dessa forma que o INSS considera alguém como segurado ou não segurado pela Previdência Social, tornando possível o acesso aos benefícios previdenciários.

Essa contribuição fica sob responsabilidade do INSS, que realiza o pagamento para os trabalhadores que já se aposentaram, além de conceder os outros benefícios previstos aos segurados que se enquadram, como seguro-desemprego ou licença-maternidade.

Para começar a receber a aposentadoria, são avaliados o tempo de contribuição do trabalhador e a sua idade. A partir disso, é possível saber quando o trabalhador poderá se aposentar e quanto receberá por mês.

Previdência Privada

Já na previdência privada aberta, o trabalhador escolhe se quer iniciar uma ou não, com quanto irá contribuir e a data em que irá se aposentar. A partir disso, é feito um cálculo de renda estimada que será possível atingir.

A previdência privada corporativa funciona da mesma maneira: se a empresa oferece o benefício de previdência para os seus funcionários, o trabalhador escolhe se quer participar ou não.

Ou seja, apesar de muitos acharem que os funcionários precisam de previdência privada de maneira obrigatória, isso não é necessariamente verdade. É importante analisar as oportunidades e objetivos de cada um, para que o próprio trabalhador possa decidir ingressar ou não em uma.

Funcionários precisam de previdência?

Mas, afinal, será que os funcionários precisam de previdência?

A Previdência Social é uma conquista importante para a maior parte dos trabalhadores do país. Por ser obrigatória a todos do regime CLT, ela abrange boa parte dos trabalhadores, e garante diversos direitos independentemente da empresa na qual trabalhou.

Porém, a aposentadoria da Previdência Social possui um teto de pagamento, que pode ser insuficiente para manter o padrão de vida de trabalhadores com salários acima deste teto.

Por isso, oferecer a previdência privada corporativa pode ser um bom benefício para os funcionários. Assim, eles podem complementar a renda e atingir o valor desejado no futuro.

Além disso, algumas previdências privadas oferecem seguro em caso de morte ou invalidez, por exemplo, confirmando que funcionários precisam de previdência para se protegerem em eventualidades.

Vantagens da previdência privada corporativa para os funcionários

Oferecer um plano de previdência corporativo para os funcionários pode se tornar um ótimo benefício.

Como os planos de previdência corporativos não têm fins lucrativos, as taxas cobradas costumam ser bem menores do que as dos planos ofertados individualmente.

Outra vantagem para os funcionários é quando a empresa oferece o “match” nas contribuições. Ou seja, para cada quantia com a qual o funcionário contribuir, a empresa contribui com uma quantia adicional de acordo com a política estabelecida.

Essa quantia varia, podendo ir de 10% a 100% da contribuição. Isso significa que, se o funcionário contribuir com R$200, a empresa adiciona mais R$200 no seu plano de previdência.

Vantagens da previdência privada corporativa para a empresa

Para a empresa que oferece a previdência privada corporativa aos seus funcionários também existem vantagens.

A  primeira delas é a retenção de talentos. Ter acesso a um plano de previdência mais barato e com benefícios adicionais oferecidos pela empresa pode fazer com que o colaborador pense duas vezes antes de aceitar uma proposta de outra instituição.

Isso também faz com que o funcionário se sinta mais valorizado e mais seguro em relação ao seu futuro financeiro e à segurança financeira da sua família, fazendo com que ele trabalhe mais focado nos projetos da empresa.

Outra vantagem para empresas que trabalham no regime de tributação do Lucro Real é a possibilidade de reduzir em até 20% do imposto de renda os valores pagos nesse tipo de previdência, por causa do tratamento fiscal diferenciado neste tipo de pagamento.

Por isso, pode ser interessante considerar que os seus funcionários precisam de previdência, trazendo benefícios para ambos os lados.

Conheça a primeira PrevTech do Brasil

Se você está buscando uma forma de oferecer a previdência privada como um benefício para os funcionários da sua empresa, é hora de conhecer a Onze!

A Onze é a primeira PrevTech do Brasil, com a missão de oferecer previdência privada corporativa para empresas de qualquer tamanho.

Conheça nossa plataforma tecnológica criada para eliminar burocracias, reduzir as taxas e agregar mais valor para os seus funcionários.