Cartão flexível: como funciona e por que sua empresa pode adotá-lo

Por Redação Onze

cartão flexivel

Ter benefícios mais flexíveis já era uma das grandes tendências apontadas para o futuro do trabalho, mas acabou se tornando uma realidade com a chegada da pandemia. Por conta do home office, várias organizações começaram a perceber que as necessidades dos seus colaboradores já não eram mais as mesmas. Ao invés de despesas com deslocamento e vestuário, muitos passaram a ter gastos com telefonia, internet e mobiliário, por exemplo.

Diante disso, o cartão flexível oferecido por empresas de benefícios corporativos tem se popularizado e feito sucesso. Mas, como ele funciona e quais são suas vantagens? Confira neste artigo e tire suas dúvidas sobre o assunto. Desde já, boa leitura!

O que é um cartão flexível?

Na prática, o cartão flexível é uma forma objetiva que a empresa tem de concentrar em um único cartão eletrônico os valores correspondentes aos benefícios do colaborador, como alimentação, refeição, transporte, assistência médica, gastos com home office, entre outros.

Considerada uma modalidade que ajuda na atração e retenção de talentos, o cartão flexível também é uma ótima alternativa para empresas que estão preocupadas em valorizar a diversidade e o estilo de vida de cada colaborador. É importante lembrar que as pessoas são únicas e têm particularidades que nem sempre são compreendidas pela oferta dos benefícios corporativos tradicionais, e a aposta na flexibilidade é o melhor caminho.

Além da liberdade de escolha, o cartão flexível proporciona uma série de vantagens que beneficiam não só os colaboradores, como também as empresas. Por concentrar tudo em único lugar, o RH ganha mais praticidade na gestão dos benefícios e consegue direcionar seus esforços para outras ações que demandam maior atenção e esforço.

Vantagens do cartão flexível

Como já vimos, o cartão flexível também traz vantagens para a empresa. Para maior compreensão, listamos abaixo as principais. Confira:

Quais benefícios podem ser oferecidos pelo cartão flexível?

Segundo a CLT, os artigos 457 e 458 determinam quais benefícios existem e explicam que benefícios legais que não sejam indenizatórios não integram a remuneração. Além disso, cada categoria de benefício também tem regras específicas sobre seu funcionamento. Mas, de modo geral os benefícios que podem ser oferecidos pelo cartão flexível são:

Plano de saúde: Ter assistência médica é um dos benefícios mais desejados pelos colaboradores porque oferece acesso à uma rede privada de serviços de saúde.

Plano odontológico: Voltado especificamente para atendimento odontológico, também oferece acesso à uma rede privada de profissionais e clínicas.

Seguro de vida: Proporciona garantia de ajuda financeira para o colaborador e sua família no caso de acidentes, morte ou invalidez.

Vale-alimentação: É um dos benefícios mais comuns e possibilita a compra de gêneros alimentícios em supermercados, mercados, açougues, sacolões e padarias. Por meio do Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), a empresa consegue isenção em encargos sociais e dedução de até 4% no imposto de renda.

Vale-refeição: Ao contrário do vale alimentação, este deve ser usado para compra de refeições prontas em restaurantes, lanchonetes e padarias. Mas, embora tenha suas particularidades, vale-refeição tem a mesma finalidade, e portanto também oferece benefícios para a empresa garantidos pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT).

Auxílio-academia: É uma forma de oferecer ajuda de custo que visa incentivar o colaborador à prática de exercícios físicos. Além de reduzir o absenteísmo, também melhora o engajamento interno e a produtividade.

Vale-cultura: É uma estratégia que busca estimular o gosto pelo lazer e pela arte fora do ambiente de trabalho, oferecendo ajuda de custo para que ele frequente exposições, obras de teatro, cinemas e também tenha o hábito da leitura.

Ajuda de custo no home office: Muito usado nos últimos anos, esse benefício é oferecido para custear as eventuais despesas do colaborador com energia elétrica, internet, ou compra de mobiliário para exercício das suas funções à distância.

Bônus e premiações: Muitas vezes paga como uma remuneração extra, como é o caso da PLR, elas são ótimas ferramentas para recompensar o colaborador pelo seu bom desempenho na empresa, e mantê-lo motivado.



Outros benefícios que valem a pena oferecer aos colaboradores

Sua empresa pode ir além do cartão flexível e proporcionar mais tranquilidade e segurança para o colaborador, ajudando a construir seu patrimônio com benefícios financeiros, como é o caso da Previdência Privada Corporativa.

Oferecida pela Onze, gestora de investimentos com foco na saúde financeira do brasileiro, o benefício é totalmente flexível, tem fácil implementação, e foi desenvolvido para ajudar o colaborador a organizar suas finanças, diminuindo assim sua preocupação com o futuro.

Para saber mais, entre em contato e veja como essa solução pode trazer vantagens tanto para os seus colaboradores quanto para sua empresa.