5 passos para implantar a gestão por competência na sua empresa

Por Redação Onze

gestão por competência

O que é gestão por competência?

Frequentemente adotada nas áreas de gestão de Recursos Humanos, a gestão por competência se trata de uma metodologia focada no desenvolvimento de habilidades – técnicas e comportamentais – dos colaboradores.

Na gestão por competência, é dever do RH analisar e identificar o perfil de sua equipe a fim de identificar seus pontos fortes e de melhoria. O objetivo a partir dessa avaliação é gerir e definir estratégias que desenvolvam o colaborador individualmente tendo como foco o aumento de sua produtividade.

Importância da gestão por competência nas empresas

Quando a empresa olha com profundidade para seu colaborador, ela é capaz de identificar seus pontos fortes. Por meio deles, elaborar estratégias mais assertivas e que extraiam o melhor de cada profissional.

Ao mesmo tempo, identificar os pontos de melhoria desse colaborador é fundamental para que eles possam ser desenvolvidos. Isso contribui não só com sua evolução de maneira individual, mas também no desenvolvimento de um time de alta performance.

Vantagens de adotar a gestão por competência em sua empresa

Quando o RH e o time de gestão de pessoas atuam de maneira estratégica na empresa, um de seus principais objetivos é o de “fazer valer os investimentos”.

O que isso significa?

Garantir que as equipes sejam eficientes e estratégicas em suas atividades e entregas. Tais iniciativas conferem uma série de benefícios às instituições, veja alguns deles:

Alinhamento de expectativa versus realidade

Embora as empresas tenham uma expectativa em torno de performance e resultados, é preciso lembrar que por trás da maior parte dos esforços existem ações humanas. Por isso, é dever da gestão por competência identificar possíveis brechas e atuar em cima delas. Assim, a capacidade produtiva estará frequentemente alinhada com o que é esperado do time.

Ambientes mais integrados

Com a adoção de estratégias que se iniciam desde o processo de recrutamento, a área é capaz de identificar as características de seu time e atuar em cima delas para desenvolver um ambiente colaborativo e fortalecido pelas habilidades individuais.

Profissionais mais engajados e desenvolvidos

Através de uma cultura pautada por feedbacks e treinamentos, os colaboradores se mantêm mais alinhados com as ideias e valores da empresa, gerando resultados mais estratégicos e de valor. Além disso, no ambiente de gestão, nota-se reduções nas taxas de turnover.

Redução de custos

Assim como a diminuição nas taxas de turnover, a gestão por competência contribui com a redução de custos associados às demissões, contratações e treinamentos aplicados decorrentes do desalinhamento com as necessidades da empresa.

Como aderir à gestão por competência em sua empresa

Se você chegou até aqui, conseguiu perceber o quanto a implementação da gestão por competência é importante para a construção de uma empresa sólida e de alto desempenho.

Se você quer aproveitar todas as vantagens listadas nesse artigo, confira alguns dos principais passos que devem ser adotados para levar essa cultura para a sua empresa.

Identifique as necessidades da sua empresa

Um dos maiores erros de recrutadores é não se atentar às necessidades que a empresa tem. Não basta reconhecer um bom talento, é preciso entender se suas habilidades são compatíveis com o que a empresa precisa. Por isso, faça um mapeamento da estrutura organizacional, dos objetivos da companhia e do que é preciso para atingi-los.

Cruze os objetivos da empresa com as habilidades dos candidatos

Depois de colocar estrutura, estratégias e cultura da empresa em um papel, identificar o perfil do colaborador ideal se torna uma tarefa mais fácil. Esse é o momento de entender que tipos de características, pessoais e profissionais, você deve buscar em suas entrevistas de emprego.

Teste essas habilidades

No caso de candidatos ainda em processo de recrutamento, você pode testar se suas habilidades são compatíveis com as necessidades da empresa por meio de provas de seleção. Já no caso de colaboradores que já estão na estrutura, é possível fazer isso por meio de avaliações de desempenho.

Faça o alinhamento entre expectativas x realidade

Colaboradores que já estão inseridos em sua rotina podem ter suas habilidades calibradas de acordo com as necessidades da companhia. Você pode fazer isso através de iniciativas como programas de desenvolvimento, avaliações 360, treinamentos e remanejamentos.

Dica extra: controle de ponto

Além dos programas de desenvolvimento, uma maneira de analisar e acompanhar os colaboradores é através do registro de ponto. Seu relatório pode ser um potente indicador de desempenho, já que o excesso de faltas ou atrasos pode sinalizar problemas de saúde ou organizacionais, enquanto o excesso de horas extras pode indicar problemas de estrutura ou de rendimento.



Sobre a Onze

Pensar em um ambiente saudável para o colaborador também é uma maneira de desenvolver a gestão por competências. Quer saber mais sobre como tornar seu time protagonista do seu negócio? Confira mais dicas em nosso blog.

Leia também