Liderança liberal: vale a pena adotar na sua empresa?

Por Redação Onze

liderança liberal

O que é liderança liberal?

Inspirado no conceito francês “Laisses-faire”, em tradução livre: “deixe fazer”, a liderança liberal consiste numa gestão em que o líder direciona as ações, mas as decisões são menos descentralizadas e com mais participação da equipe. Além disso, o líder liberal tem um papel mais consultivo, de esclarecer dúvidas e fornecer os recursos das tarefas.

Na prática, essa forma de gestão é uma excelente alternativa para organizações modernas, e também pode ser um bom atrativo para o recrutamento e seleção de talentos, já que hoje muitos profissionais buscam ambientes de trabalho mais leves. Líderes que dão autonomia e liberdade para equipe tomar suas decisões também contribuem com a valorização do colaborador, e criam condições favoráveis para o estímulo de ideias.

Embora a liderança liberal seja um pouco similar à liderança democrática, esses estilos têm suas particularidades. No primeiro modo de liderar, o gestor tem pouco ou quase nenhum controle sobre o trabalho dos colaboradores. Já, no segundo, o líder é mais participativo. Ou seja, as duas têm vantagens e desvantagens, mas a principal diferença entre elas é a autogestão.

Vale a pena adotar a liderança liberal?

A gestão de pessoas é um dos grandes desafios das empresas atualmente, e para lidar com isso, muitas delas estão recorrendo ao estilo de liderança liberal, porque acreditam que ele trará vários benefícios para motivação da equipe e produtividade.

No entanto, é importante ressaltar que essa forma de liderar pode não funcionar em algumas empresas, especialmente naquelas cuja gestão precisa ser mais convencional. Sua implantação também necessita que exista um consenso entre os líderes e a área de recursos humanos, e por fim é válido ter em mente que além das vantagens, a liderança liberal também pode trazer desvantagens.

Para proporcionar maior compreensão sobre os benefícios e os riscos deste tipo de liderança, nós listamos abaixo algumas vantagens e desvantagens:

Vantagens:

  • tomada de decisão mais democrática;
  • fortalecimento da autoconfiança;
  • maior autonomia;
  • clima propício para criatividade;
  • desenvolvimento do espírito colaborativo;
  • melhor relacionamento interpessoal;
    aumento da produtividade.

Desvantagens:

  • enfraquecimento da figura do líder;
  • insegurança dos colaboradores com a falta de feedback;
  • tomada de decisões erradas;
  • perda de objetivos e direção;
  • desrespeito com normas e surgimento de conflitos.

Como ser um bom líder liberal?

Mesmo que haja algumas desvantagens, a liderança liberal ainda pode potencializar os resultados de uma equipe, desde que o gestor tome alguns cuidados básicos. Abaixo nós elencamos o que pode ser feito para liderar com mais eficácia no modo liberal:

  • Faça testes para saber se a sua equipe está apta;
  • Dê as orientações devidas sobre as responsabilidades de cada um;
  • Mostre o caminho a ser seguido pela equipe como um todo;
  • Determine metas e objetivos para todos;
  • Faça e dê abertura para realização de feedbacks e avaliações;
  • Mantenha sua participação ativa nos processos da equipe;
  • Faça um acompanhamento contínuo das atividades realizadas;

De forma geral, lembre-se sempre que o melhor modelo de liderança é aquele que melhor se adequa às particularidades e objetivos da empresa. Por isso, a escolha pela liderança liberal ou autocrática, por exemplo, deve ser analisada de maneira estratégica.

Como a Onze ajuda a motivar e engajar equipes?

Para manter o foco na produtividade e nos resultados, uma das maneiras eficazes de ter a motivação e o engajamento dos colaboradores é preservando a saúde financeira deles.

A Previdência Privada Corporativa é um benefício empresarial que visa ajudar os colaboradores a organizar suas finanças e terem menos preocupações com o futuro. Oferecida pela Onze, ela é flexível e tem fácil implementação. Para saber mais informações, entre em contato conosco e veja como pode ser simples motivar e engajar sua equipe .

Leia também